La Golondrina

etnografia e concepções de gênero, sexo e gozo de um indígena Kichwa Canelos

  • Enoc Merino Santi Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: gênero, homossexualidade, sexo, gozo

Resumo

O artigo apresenta a vida de um "warmipangui" (homossexual" residente de uma comunidade Kichwa da Amazônia equatoriana. A discussão está focada em sua vida e nas relações sociais que estabelece junto à comunidade. Em tal contexto religião e orientação sexual coexistem em harmonia, a concepção da homossexualidade difere da concepção ocidental e onde normas de comportamento estabelecidas abrem caminho para outras formas de relações afetivas que são aceitadas, apesar de negadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORGES da SILVA, P. d. (2016). Notas sobre a Homossexualidade num “Regime de Índio”. Aceno, 59,72.
BUTLER, Judith. (2007). El Género en disputa: El feminismo y la subversión de la identidad. Barcelona: Paidós Ibérica.
FERNANDES, Estêvão Rafael. (2015). Decolonizando sexualidades: Enquadramentos coloniais e homossexualidade indígena no Brasil e nos Estados Unidos. Tese de Doutorado Instituto de Ciências Sociais Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas Universidade de Brasilía. Brasilía: UNB.
FOUCAULT, Michel (2013). Obras Esenciales: I. Entre filosofia y literatura. II. Estrategias de poder. III. Estética y hermenéutica. Barcelona: Libros, S.L.U.
MADI, Diego. (2017). A aliança enquanto drama: estética da masculinidade no contexto de uma economia afetiva uxorilocal (Guna, Panamá). Mana, vol.23, n.1. Rio de Janeiro: UFRJ, p.77-108.
McCALLUM, Cecília. (2013). Nota sobre as categorias “gênero” e “sexualidade” e os povos indígena. Cadernos Pagu n.41, p.53-61.
MOREL, Genevieve (2012). Ambigüedades sexuales: sexuación y psicosis. Buenos Aires: Estudio R.
MOTT, Luiz. (1997). Etno-Historia de la homosexualidad en América Latina. In: Historia y sociedad, n. 4. Antioquia: UNAL, p.123-144. Acesso em 18 de Abril de 2017, disponível em
NIETO OLIVAR, José Miguel. (2017). Género, dinero y fronteras amazónicas: la “prostitución” en la ciudad transfronteriza de Brasil, Colombia y Perú. Cadernos Pagu, vol. 51. Campinas: UNICAMP, p.1-42.
SANTI MERINO, Enoc. (2016). Allpamanda, kawsaymanda, jatarishun allpamanda muskuykuna tuparishka / Por la tierra, por la vida, despertemos confrontaciónentre visiones sobre el territorio” / 2016. Dissertação de Mestrado. Programa de Cartografia Social e Política da Amazonía.
VIVEIROS de CASTRO, Eduardo. (2004). Perspectivismo e multinaturalismo na América indígena. o que nos faz pensar. Mana, vol.18. Rio de Janeiro: UFRJ, p. 225-251.
Publicado
2020-06-30
Como Citar
Santi, E. (2020). La Golondrina. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 29(1), 187-199. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29i1p187-199
Seção
Especial