A colonização digital do isolamento

  • Jean Segata Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

Neste breve trabalho, eu procuro mostrar como a situação de isolamento social decorrente da pandemia nos ajuda a colocar em relevo a presença do digital em nosso cotidiano. Sobremaneira, o meu foco está no modo como uma subjetivação da ubiquidade e do produtivismo que ele facilita tem se convertido numa face nociva do contemporâneo, intensificada no tempo da pandemia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Segata, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor Adjunto do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Possui mestrado e doutorado em Antropologia Social pela UFSC. Realizou pós-doutorado na UFSC (2012 e 2012-2014), no CEnDIE - Centro Nacional de Diagnóstico e Investigación en Endemo-Epidemias (Ministério de Salud, Argentina, 2017-2019) e na Brown University (2019-2020). Foi Craig M. Cogut Visiting Professor for Latin American and Caribbean Studies na Brown University (USA, 2018). 

Publicado
2020-06-23
Como Citar
Segata, J. (2020). A colonização digital do isolamento. Cadernos De Campo (São Paulo 1991), 29(1), 163-171. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9133.v29i1p163-171
Seção
Conjuntura