Culture Jamming: ativismo e contra-hegemonia

Autores

  • Juana Ribeiro Diniz Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1808-0820.cali.2008.68127

Palavras-chave:

Culture Jamming, ativismo, contra-hegemonia.

Resumo

A entrada da mídia no contexto contemporâneo requer uma série de revisões de conceitos no âmbito social, político e cultural. As várias formas de ativismo que se estabelecem neste cenário suscitam novos olhares, ou seja, novas análises sobre questões diversas no que se refere, principalmente, ao papel social e político dessas forças na sociedade. Este artigo faz um breve estudo sobre a Culture Jamming como uma forma de ativismo que utiliza recursos e métodos contemporâneos em uma busca “contra-hegemônica” em relação à dominação das grandes marcas no espaço midiatizado. Para isso, alguns pontos da visão gramsciana sobre hegemonia serão comparados com os processos que, de fato, ocorrem na prática jammer

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juana Ribeiro Diniz, Universidade Federal da Bahia

Mestranda em Comunicação e Cultura Contemporânea, pela Faculdade de Comunicação da UFBA.

Downloads

Publicado

2008-04-27

Como Citar

Diniz, J. R. (2008). Culture Jamming: ativismo e contra-hegemonia. Caligrama (São Paulo. Online), 4(1). https://doi.org/10.11606/issn.1808-0820.cali.2008.68127

Edição

Seção

Artigos