A imagem do jovem na televisão

  • Vera Lúcia Rolim Salles Universidade Federal do Maranhão
Palavras-chave: jovem, TV, violência, estigma.

Resumo

O objetivo desse artigo é mostrar como o jovem é representado pelos programas veiculados na televisão aberta, a exemplo dos diversos gêneros: telenovelas, filmes seriados, programas de auditório, peças publicitárias e telejornal. Busca-se analisar como esses jovens são retratados pela televisão que geralmente costuma estigmatizá-los e etiquetá-los como responsáveis por comportamentos e atitudes violentas, particularmente os moradores dos bairros da periferia. A experiência foi desenvolvida durante oficinas com um grupo de jovens educadores de escolas públicas e particulares de São Paulo e com grupos de jovens da Associação Barracões Culturais da Cidadania,
organização não governamental, com sede no município de Itapecerica da Serra (SP), com o apoio do Instituto Pólis (SP).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lúcia Rolim Salles, Universidade Federal do Maranhão
Professora do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão, graduada em Jornalismo pela ECA-Escola de Comunicações e Artes-USP, pósgraduanda em Ciências Sociais pela PUC- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Publicado
2008-04-27
Como Citar
Salles, V. L. (2008). A imagem do jovem na televisão. Caligrama (São Paulo. Online), 4(1). https://doi.org/10.11606/issn.1808-0820.cali.2008.68130
Seção
Artigos