CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO CARACOL N°22

2020-08-01

REVISTA CARACOL (ISSN 2178-1702)

O teatro do século XXI

O teatro do século XXI, em sua multiplicidade dramatúrgica e cênica, admite um vasto conjunto de visões, desde as mais diversas perspectivas, por seu interessante movimento de conexão e circulação de poéticas. Trata-se de um teatro ao mesmo tempo experimental e inovador, comprometido com a realidade social e audaz na proposta transformadora, que propicia uma escritura de firme atitude crítica sobre a situação política e social, como o questionamento das linguagens dramáticas e cênicas.  No atual teatro de fala hispana, destacamos Juan Mayorga (Madri, 1964), membro da Real Academia da Língua Espanhola, por sua sólida dramaturgia e exercício conceitual de sua obra.

Esse número da Caracol pretende pensar a renovação incessante dos discursos cênicos em geral e na obra de Juan Mayorga, especialmente. Para tanto, propomos três enfoques de discussão:

 

  • Sobre o texto dramático, se contemplam estudos de literatura dramática considerada a partir de sua especificidade de textos escritos para sua representação e, portanto, distintos do romance e da poesia;
  • Sobre a representação teatral, serão considerados os estudos que analisem a representação e as possibilidades cênicas da palavra em ação;
  • O teatro de Juan Mayorga, serão considerados trabalhos de análise e interpretação dos textos literários ou das representações de obras do autor espanhol.

 

Quanto à temática, este número está aberto ao estudo de todas as formas renovadoras do teatro do século XXI, seja o texto literário ou o texto da representação. Sugerimos algumas temáticas:

 

         -    recursos formais no teatro do S. XXI (a metateatralidade, a elipse, a fragmentação, os         silêncios, o uso do enigma e a propensão ao eclético)

        -      a violência e a imigração no teatro atual

        -      variedade de registros, temas e formatos na escritura dramática e cênica

        -      história e memória no teatro de Juan Mayorga       

        -      a concepção de teatro de Juan Mayorga             

        -      discursos intertextuais, metateatrais, ecléticos, de humor e de autobiografia no teatro do S. XXI

        -      continuidade e ruptura no teatro do S.XXI

 

Será objeto de análise qualquer forma de produção teatral na língua espanhola, tanto da Espanha como da América. Ademais, os trabalhos sobre o teatro em contextos em que o espanhol convive com outras línguas serão especialmente bem-vindos: as nações históricas da Espanha (Catalunha, País Basco, Galícia), as comunidades indígenas americanas e outros territórios como o Saara Ocidental, Guiné Equatorial ou Filipinas. Também se levará em conta trabalhos que insiram o Brasil nesse contexto e que trabalhem a poesia a partir da tradução ou de estudos comparados.

Os trabalhos serão aceitos até o dia 11 de janeiro de 2021. Para maiores informações sobre as normas de publicação e sobre o envio de contribuições:

http://www.revistas.usp.br/caracol/about/submissions#onlineSubmissions

 

CARACOL (http://www.revistas.usp.br/caracol/) é uma publicação on-line semestral da Área de Língua Espanhola e Literaturas Espanhola e Hispano-americana do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Tem como objetivo publicar colaborações inéditas em espanhol ou em português, resenhas e eventualmente textos raros de interesse para o debate acadêmico dentro das quatro disciplinas da Área: Literatura Espanhola, Literatura Hispano-americana, Língua Espanhola e Tradução.

 

Organização:  Mabel Brizuela mabibrizuela@gmail.com  e Germán Brignone brignonegerman@hotmail.com