Haciendo caminos: histórias de Teletandem na formação de professores de espanhol

Autores

  • Kelly Cristiane Henschel Pobbe de Carvalho UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP)
  • Karin Adriane Henschel Pobbe Ramos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP)
  • Rozana Aparecida Lopes Messias UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i13p78-101

Palavras-chave:

Formação de professores de espanhol, Teletandem, Análise de relatos.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar e discutir os processos de reflexão sobre a formação inicial de professores de espanhol a partir de histórias vivenciadas por graduandos em Letras/Espanhol, no contexto teletandem. Para o desenvolvimento do estudo, observamos, nos relatos de participantes, alunos egressos do curso, alguns desdobramentos resultantes do desenvolvimento de suas atividades no projeto, tanto nos momentos de interação, quanto em sessões de mediação ou outras tarefas decorrentes. Verificamos como as ações vinculadas a esse contexto constituem-se como espaços de formação profícuos, não apenas no que se refere aos processos de ensino e aprendizagem da língua, mas também aos processos de reflexão sobre a prática docente e fortalecimento de uma identidade profissional. Desenvolvemos a análise pautada nos pressupostos da pesquisa narrativa e em uma perspectiva intercultural e crítica para a formação de professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kelly Cristiane Henschel Pobbe de Carvalho, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP)

Professora-Assistente Doutora do Departamento de Letras Modernas da Faculdade de Ciências e Letras de Assis/UNESP. Pesquisadora na área de Linguística e Ensino de Línguas.

Karin Adriane Henschel Pobbe Ramos, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP)

Professora-Assistente Doutora do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Letras de Assis/UNESP. Pesquisadora na área de Linguística e Ensino de Línguas.

Rozana Aparecida Lopes Messias, UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP)

Professora-Assistente Doutora do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Letras de Assis/UNESP. Pesquisadora na área de Linguística e Ensino de Línguas.

Referências

Benedetti, Ana Mariza. “Teletandem”. In: Mayrink, Monica Ferreira; Albuquerque‑Costa, Heloisa (orgs.). Ensino e aprendizagem de línguas em ambientes virtuais.São Paulo: Humanitas, 2013, 65-92.

Clandinin, D. Jean; Connelly, Michael. Teachers’ professional knowledge landscapes. New York: Teachers College Press, 1995.

Kramsch, Claire. “The symbolic dimensions of the intercultural”. In: Language and Teaching 44 (3), 2011, 354-367.

Mayrink, Monica Ferreira; Albuquerque-Costa, Heloisa. “Formação crítico-reflexiva para professores de línguas em ambiente virtual”. In: Mayrink, Monica Ferreira; Albuquerque-Costa, Heloisa (orgs.). Ensino e aprendizagem de línguas em ambientes virtuais. São Paulo: Humanitas, 2013, 39-63.

Mendes, Edleise (org.). Diálogos interculturais: ensino e formação em português língua estrangeira. Campinas: Pontes, 2011.

Ramos, Karin Adriane Henschel Pobbe. “Implicações socioculturais do processo de ensino de português para falantes de outras línguas no contexto virtual do Teletandem”. In: Estudos Linguísticos, 42 (2), 2013, 731-742.

Rojo, Roxane; Moura, Eduardo (orgs.). Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.

Telles, João A. Teletandem Brasil: comunicação oral e transcultural online em línguas estrangeiras. Projeto temático em elaboração, no prelo.

Telles, João A. (org.). Teletandem: um contexto virtual, autônomo e colaborativo para aprendizagem de línguas estrangeiras no século XXI. Campinas: Pontes, 2009.

Telles, João A. “Teletandem: uma proposta alternativa no ensino-aprendizagem assistidos por computadores”. In: Telles, Joao A. (org.). Teletandem: um contexto virtual, autônomo e colaborativo para aprendizagem de línguas estrangeiras no século XXI. Campinas: Pontes, 2009, 41-60.

Telles, João A. “E pesquisa, e? Ah, não quero não, bem! Sobre pesquisa acadêmica e sua relação com a pratica do professor de línguas”. In: Linguagem e ensino 5(2), 2002, 91-116.

Telles, João A.; Vassalo, Maria Luisa. “Foreign language learning in-tandem: Teletandem as an alternative proposal in CALLT”. In: The ESPecialist, São Paulo (PUC), 27 (2), 2006, 189-212.

Vigotski, Lev S. A formação social da mente. Tradução de Jose Cipolla Neto. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Zeichner, Ken. “Repensando as conexões entre a formação na universidade e as experiências de campo na formação de professores em faculdades e universidades”. In: Educação, Santa Maria, 35 (3), 2010, 479-504.

Downloads

Publicado

2017-03-31

Como Citar

Carvalho, K. C. H. P. de, Ramos, K. A. H. P., & Messias, R. A. L. (2017). Haciendo caminos: histórias de Teletandem na formação de professores de espanhol. Caracol, (13), 78-101. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i13p78-101