Representações do aluno de Letras/Espanhol sobre a língua espanhola

  • Poliana de Oliveira Santos Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará
Palavras-chave: Língua espanhola, Aluno de letras, Representações

Resumo

Este artigo analisa representações que alunos de Letras/Espanhol- PARFOR têm da língua espanhola, priorizando as mais recorrentes e suas implicações para a sua formação como futuros professores. Baseou-se no conceito de ideologia de Bakhtin (2009), que foi considerado como algo inerente às representações que surgem e/ou surgirão, uma vez que, quando se pensa, se enuncia dialogicamente. Além disso, considerou-se Moscovici (1978; 2005; 2009) e seus estudos sobre a representação social. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, desenvolvida a partir do corpus constituído por dizeres de cinco participantes, coletado através de entrevistas que foram gravadas e transcritas. Concluiu-se, que as representações de destaque na fala dos informantes ocorrem com base na atribuição de uma facilidade x dificuldade no processo de aquisição da língua espanhola, bem como em relação ao domínio linguístico comunicativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Poliana de Oliveira Santos, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará

Possui graduação em Letras com habilitação em Língua Espanhola pela Universidade Federal do Pará (2013), especialização em Ensino de Língua Espanhola pela Universidade Estácio de Sá (2016) e mestrado em Letras pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (2020). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em língua espanhola.

Referências

Bakhtin, Mikhail; Volochinov, Valentín . Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trad. M. Lahud e Y. F. Vieira. 13. ed. São Paulo: Hucitec, 2009

Beauvoir, Simone. O segundo sexo: a experiência vivida. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1960.

Bogdan, Robert; Biklen, Sari. (1994). Investigação Qualitativa em Educação – uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora.

Brandão, Helena. Introdução à análise do discurso. Campinas: Ed. Da Unicamp, 1995.

Calvi, Maria Vitória. Aprendizaje de lenguas afines: español e italiano. RedELE Revista Eléctrónica de Didáctica del Español Lengua Extranjera, vol. 1, junho de 2004.

Dencker, Ada Freitas M. Métodos e técnicas de pesquisa em turismo. 4. Ed. São Paulo: Futura, 2000.

Fernandes, Cleudemar Alves. Análise do discurso: reflexões introdutórias. São Carlos: Editora Claraluz, 2008. 2ª ed. 112 p.

Gardner, Robert; Lambert, Wallace . Attitudes and motivation in second language learning. (Actitudes e motivaciones en el aprendizaje de una segunda lengua). Rowley, Newbury House, House, 1972.

Gil, Antônio Carlos. Métodos e técnicas em pesquisa social. 5 ed. São Paulo: Atlas, 1999.

Guimarães, Elisa. Texto, discurso e ensino. 1. Ed., 2ª reimpressão. São Paulo: Contexto, 2013.

Goettenauer, Elzimar Costa. Espanhol: língua de encontros. In: SEDYCIAS, J. (Org.). O ensino do espanhol no Brasil. São Paulo: Parábola Editorial, 2005, 61-70.

Jodelet, Denise. Alteridade como produto e processo psicossocial. In: ARRUDA. A representação social. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

Marx, Karl; Engels, Friedrich. A ideologia alemã. Trad. M. Backes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

Martinez, Pierre. Didática de línguas estrangeiras. Tradução: Marco Marcionilo. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

Moscovici, Serge. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1978.

Moscovici, Serge. Sobre a subjetividade social. Tradução de Lilian Ulup. In Sá, C. Memória, imaginário e representações sociais. Rio de Janeiro: Museu da República, 2005.

Moscovici, Serge. Representações sociais: Investigações em Psicologia Social. Trad. Pedrinho A. Guareschi. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

Ornellas, Maria Lourdes Soares de. Representações sociais e educação: letras imagéticas IV. 4ª ed. Salvador, Edufba, 2017.

Saussurre, Ferdinand de. Curso de linguística geral. Trad. A. Chelini, J. P. Paes e I. Blikstein. São Paulo: Cultrix, 2006.

Publicado
2020-06-24
Como Citar
Santos, P. (2020). Representações do aluno de Letras/Espanhol sobre a língua espanhola. Caracol, (19), 766-792. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i19p766-792