O lugar e a abordagem da gramática nas coleções inéditas de língua espanhola aprovadas no PNLD 2018

  • Daniel Mazzaro Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Livro didático, Língua espanhola, PNLD 2018, Gramática

Resumo

Este artigo tem como objetivo compreender o lugar e a abordagem da gramática nas coleções inéditas de Língua Espanhola aprovadas no PNLD 2018, a saber, Sentidos en lengua española e Confluencia. Para isso, resgataram-se dos guias didáticos das coleções as perspectivas sobre ensino-aprendizagem de línguas e o(s) eixo(s) estruturador(es) das unidades levado(s) em conta pelos autores e como eles dizem que abordam a gramática em suas obras. Passou-se, então, para a descrição das duas primeiras unidades do primeiro volume de cada coleção, com especial atenção para as atividades e seções em que se trabalham os conhecimentos linguísticos. Pôde-se concluir que as duas coleções têm referenciais teóricos bastante próximos, mas materializam de forma um pouco diferente a abordagem da gramática. Nos dois casos, há, no entanto, subversões na elaboração dos livros didáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Mazzaro, Universidade Federal de Uberlândia

Daniel Mazzaro é doutor em Linguística do Texto e do Discurso pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde também realizou um estágio de pós doutorado na área de Linguística Aplicada. Atualmente, é Professor Adjunto no Instituto de Letras e Linguística (ILEEL) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) atuando nas áreas de Estágio, Prática e Metodologia de Ensino de Língua Espanhola. Seus principais interesses são aprendizagem de língua espanhola, estudos discursivos e estudos queer.

Referências

Almeida, Daniel Mazzaro Vilar de; Ribeiro da Silva, Elias; Souza, Paula da Costa. “Enfoques y metodologías de enseñanza”. In: Kanashiro, D. S. K.; Santos, J. J. Prática de Ensino de Língua Espanhola. Campo Grande: Editora UFMS, 2015, 35-54.

Brasil. Secretaria de Educação Básica. Orientações curriculares para o ensino médio: linguagem, códigos e suas tecnologias. Secretaria de Educação Básica – Brasília: MEC, 2006.

Eres Fernández, Gretel. “Entre enfoques y métodos: algunas relaciones (in)coherentes en la enseñanza de español lengua extranjera”. In: Barros, Cristiano S.; Marins-Costa, Elzimar G. (coord.). Espanhol: ensino médio. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2010, 69-84.

Escandell, M. Victoria. Introducción a la pragmática: nueva edición actualizada. Barcelona: Ariel Lingüística, 2006.

Figueiredo, Francisco José Quaresma de. Vygotsky: a interação no ensino/aprendizagem de línguas. São Paulo: Parábola Editorial, 2019.

Franchi, Carlos. Mas o que é mesmo “gramática”? São Paulo: Parábola Editorial, 2006.

Freitas, Luciana Maria Almeida de; Marins-Costa, Elzimar Goettenauer de. Sentidos en lengua española. Manual do professor - v. 1. São Paulo: Richmond, 2016.

Kumaravadivelu, B. “The post-method: (E)merging strategies for second/foreign language teaching”. In: TESOL Quarterly, 28, 1994, 27-48.

Kumaravadivelu, B. “Toward a postmethod pedagogy”. In: TESOL Quarterly, 35, 2001, 537-560.

Leffa, Vilson J. “Metodologia do ensino de línguas”. In: Bohn, H. I.; Vandresen, P. Tópicos em lingüística aplicada: O ensino de línguas estrangeiras. Florianópolis: Ed. UFSC, 1998, 211-236.

Mazzaro, Daniel. “A gramática nos livros didáticos de espanhol: breves reflexões a partir das obras aprovadas no PNLD 2015”. In: Barros, Cristiano; Marins-Costa, Elzimar; Freitas, Luciana. (eds.). O livro didático de espanhol na escola brasileira. Campinas: Pontes, 2018, 227-240.

Moreno García, Concha. Materiales, estrategias y recursos para la enseñanza del español como 2/L. Madrid: Editorial Arco/Libros, 2017.

Prabhu, N. S. “There is no best method – why?” In: TESOL Quarterly,24, 1990, 161-176.

Pinheiro-Correa, Paulo, et al.. Confluencia. Manual do professor - v. 1. São Paulo: Moderna, 2016.

Pinto, Carlos Felipe. “La competencia gramatical en la enseñanza de español en Brasil”. In: COELHO, I. M. W. S. (Org.). Competências no ensino-aprendizagem de línguas: pressupostos, práticas e reflexões. Campinas: Pontes Editores, 2019, 201-243.

Richards, Jack C.; Rodgers, Theodore S. Enfoques y métodos en la enseñanza de idiomas. Madrid: Cambridge University Press, 2003 [1986].

Sánchez, Aquilino. La enseñanza de idiomas en los últimos cien años: métodos y enfoques. Madrid: SGEL, 2009.

Silva, Gisvaldo Araújo. “A Era Pós-Método: o professor como um intelectual”. In: Linguagens & Cidadania, v.6, n.2, jul./dez., 2004.

Publicado
2020-06-24
Como Citar
Mazzaro, D. (2020). O lugar e a abordagem da gramática nas coleções inéditas de língua espanhola aprovadas no PNLD 2018. Caracol, (19), 704-733. https://doi.org/10.11606/issn.2317-9651.v0i19p704-733