Notícias

CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO CARACOL N°20

2019-09-07

Contribuições à perspectiva glotopolítica. Manifestações do político na linguagem e do linguístico no político.

Para o número 20, a revista Caracol propõe a composição de um dossiê com estudos que abordem o funcionamento do político em relação às diferentes práticas inscritas na dimensão do universo da linguagem. Sem que isso signifique a exclusão de diversas perspectivas teóricas, a chamada convoca especialmente o envio de contribuições que adotem e/ou tematizem a perspectiva glotopolítica nas direções nas quais, a partir da reflexão fundadora de Guespin e Marcellesi dos anos 1980, vem sendo trabalhada e ressignificadaem uma série de publicações e em espaços profissionais tais como os Congressos Latino-americanos de Glotopolítica ou o Anuario de Glotopolítica (AGlo, https://glotopolitica.com/). Nesse sentido, solicitam-se trabalhos que abordem as reformulações nas quais a Glotopolítica vem sendo submetida nos últimos 25 anos; que proponham e explorem alianças consideradas necessárias pela produtividade que prometem; que discutam os desafios impostos, tanto em termos conceituais como de modalidade de análise, pelos processos políticos que afetam o funcionamento da linguagem; e/ou, finalmente, que reflitam sobre as condições materiais de produção do conhecimento linguístico e do desenvolvimento da educação linguística, atendendo ao papel que as escolas hegemônicas de estudos da linguagem estabelecem na exclusão (ou não) de práticas de pesquisa e docência cujo ponto de partida é o reconhecimento do caráter político da linguagem.

Organizadores: José del Valle, Fernanda Castelano Rodrigues e María Teresa Celada

 

Prazo para envio das contribuições: até 31/01/2020

Para as demais seções, aceitam-se também artigos de tema livre, resenhas e traduções. Lembramos que, para a recepção de colaborações nestes últimos casos, a revista adotou o sistema de fluxo contínuo.

 Os trabalhos deverão ser enviados para o seguinte endereço, onde também constam as normas de publicação:

http://www.revistas.usp.br/caracol/about/submissions#onlineSubmissions

 

Saiba mais sobre CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO CARACOL N°20

Edição Atual

n. 17 (2019): (jan-jun 2019) Dossiê: Escrituras Interferidas
Publicado: 2019-06-19

Edição completa

Apresentação

Ver Todas as Edições

O nome Caracol se impôs pela ressonância imediata do poema de Rubén Darío, um caracol que, se nos primeiros versos, tocado pelas mãos da Europa, é de outro e “recamado das pérolas mais finas”, no parêntese do verso final, o parêntese do silêncio que pressupõe a escuta, nos é dito que “(O caracol a forma tem de um coração)”. É, então, no espaço do eco, não de um suposto lugar de origem, nem em um ponto de destino, mas nesse espaço de trânsito do som e das ideias que vão e voltam, onde queremos situar esta revista.

CARACOL

A Antonio Machado

En la playa he encontrado un caracol de oro 
macizo y recamado de las perlas más finas; 
Europa le ha tocado con sus manos divinas 
cuando cruzó las ondas sobre el celeste toro. 

He llevado a mis labios el caracol sonoro 
y he suscitado el eco de las dianas marinas, 
le acerqué a mis oídos y las azules minas 
me han contado en voz baja su secreto tesoro. 

Así la sal me llega de los vientos amargos 
que en sus hinchadas velas sintió la nave Argos 
cuando amaron los astros el sueño de Jasón; 

y oigo un rumor de olas y un incógnito acento 
y un profundo oleaje y un misterioso viento... 
(El caracol la forma tiene de un corazón.)


(In.:DARÍO, Rubén. Poesías Completas. Madrid: Aguilar, 1967,p.679)

 Qualis Capes B1

INDEXADORES