Da fundamentação antropológica da psicologia à crítica antropológica de História da loucura de Michel Foucault

  • Raphael Ferreira Mendes Pegden Universidade Estadual do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Fundamentação antropológica, Crítica antropológica, História da loucura, Verdade

Resumo

No presente artigo pretendemos compreender a formação da filosofia arqueológica de Michel Foucault inaugurada em História da loucura a partir da sua relação com os “escritos menores” produzidos na década de 1950 atentando para a ruptura entre as propostas de fundamentação antropológica da psicologia ensaiadas em 1954 e a crítica antropológica argumentada no início da década de 1960.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CASTRO, E. Introdução a Foucault. Trad. de Beatriz de Almeida Magalhães. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

FOUCAULT, M. Maladie mentale et personnalité. Paris: Presses Universitaires de France, 1954. Doença mental e Psicologia. Trad. de Lilian Shalders. Rio de Janeiro: Edições Tempo Brasileiro, 1975.

FOUCAULT, M. O que é um autor? In: O que é um autor? Lisboa: Veja-passagens, 1992.

FOUCAULT, M. A verdade e as formas jurídicas. Trad. de Roberto Cabral de Melo Machado e Eduardo Jardim Morais. Rio de Janeiro: Nau Editoras, 1999.

FOUCAULT, M. História da Loucura. Trad. de José Teixeira Coelho Neto. São Paulo: Editora Perspectiva,

FOUCAULT, M. Estruturalismo e pós-estruturalismo. Trad. de Elisa Monteiro. In: Ditos e escritos II: arqueologia das ciências e história dos sistemas de pensamento. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008, p. 307-334.

FOUCAULT, M. Entrevista com Michel Foucault. Trad. de Vera Lucia Ribeiro. In: Ditos e escritos I: problematização do sujeito: psicologia, psiquiatria e psicanálise. Rio de Janeiro: 2010a, p. 331-344.

FOUCAULT, M. Prefácio (folie et déraison). Trad. de Vera Lucia Ribeiro. In: Ditos e escritos I: problematização do sujeito: psicologia, psiquiatria e psicanálise. Rio de Janeiro: 2010a, p. 152-161.

FOUCAULT, M. Introdução (In: Binswanger). Trad. de Vera Lucia Ribeiro. In: Ditos e escritos I: problematização do sujeito: psicologia, psiquiatria e psicanálise. Rio de Janeiro: 2010b, p. 71-132.

FOUCAULT, M. Gênese e estrutura da Antropologia de Kant. Trad. de Marcio Alves da Fonseca e Salma Tannus Muchail. São Paulo: Edições Loyola, 2011a.

FOUCAULT, M. Préface à l 'Histoire de la sexualité’. In: Dits et écrits II [1976-1988]. Paris: Gallimard, 2011.

FOUCAULT, M. O nascimento da clínica. Trad. de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Forense universitária, 2015.

GOLDMAN, M. Alguma antropologia. Rio de Janeiro: Relume Dumará: Núcleo de Antropologia da Política, 1999.

REVEL, J. Sur l’introduction à Binswanger. In: GIARD, Luce (Org.). Michel Foucault – Lire l’OEuvre. Grenoble: Jérôme Millon, 1992, p. 51-56.

Publicado
2019-12-30
Como Citar
Pegden, R. (2019). Da fundamentação antropológica da psicologia à crítica antropológica de História da loucura de Michel Foucault. Cadernos De Ética E Filosofia Política, 2(35), 171-185. https://doi.org/10.11606/issn.1517-0128.v2i35p171-185
Seção
Foucault, Políticas da arqueologia – 50 anos de A arqueologia do Saber (1969)