Corpos Celestes, Misturas Terrenas

Mulheres, Sociabilidade e Filosofia em David Hume

Autores

  • Marcos Ribeiro Balieiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1517-0128.v1i36p37-48

Palavras-chave:

Hume, mulheres, polidez, sociabilidade, filosofia

Resumo

Ao longo da obra de David Hume, as mulheres são retratadas de maneiras bastante diferentes, e, por vezes, difíceis de reconciliar. Em algumas passagens, o chamado belo sexo é mostrado como inconstante e dado a paixões intensas. Em outras, parece que as mulheres teriam vantagens inegáveis sobre os homens no que diz respeito a questões relativas ao gosto, o que, para o filósofo escocês, as tornaria mais sensatas. Pretende-se, neste artigo, propor uma leitura do modo como Hume apresenta as mulheres que, a partir de alguns dos Ensaios, mas também com referências ocasionais ao Tratado da Natureza Humana e a Uma Investigação sobre os Princípios da Moral, permita observar que Hume pretende, mesmo em textos nos quais a mulher é apresentada em situação de inferioridade, defender que, com a educação adequada, ela constituiria o melhor modelo não apenas no que diz respeito à sociabilidade, mas também à filosofia e às chamadas belles lettres

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAIER, Annette. The Cautious Jealous Virtue. Cambridge: Harvard University Press, 2011.
BALIEIRO, Marcos. “Hume e os propósitos da filosofia”. In: Kriterion, v. 52 n. 124, pp. 319-330. Belo Horizonte: UFMG, 2011.
______. “Hume on Women’s Complexion”. In: JONES, Peter, The Science of Man in the Scottish Enlightenment. Edimburgh: Edimburgh University Press, 1989.
BOX, M. A. The Suasive Art of David Hume. Princeton: Princeton University Press, 1990.
HUME, David. An Enquiry concerning the Principles of Morals. Oxford: Oxford University Press, 1998.
______. Essays Moral, Political and Literary. Indianapolis: Liberty Fund, 1985.
______. The Letters of David Hume. Oxford: Oxford University Press, 2011.
______. A Treatise of Human Nature. Oxford: Oxford University Press, 2000.
MONTEIRO, João Paulo. “Hume e a trivial diferença”. In: Novos estudos humeanos. São Paulo: Discurso Editorial, 2003.
MOSSNER, Ernest Campell. The life of David Hume. Oxford: Oxford University Press, 2001.
SUZUKI, Márcio. A forma e o sentimento do mundo: jogo, humor e arte de viver na filosofia do século XVIII. São Paulo: Editora 34, 2014.

Downloads

Publicado

2020-06-28

Como Citar

Ribeiro Balieiro, M. (2020). Corpos Celestes, Misturas Terrenas: Mulheres, Sociabilidade e Filosofia em David Hume. Cadernos De Ética E Filosofia Política, 1(36), 37-48. https://doi.org/10.11606/issn.1517-0128.v1i36p37-48

Edição

Seção

Dossiê - Leituras do Iluminismo