O interno e o externo na explicação sociológica: continuidades e descontinuidades das realidades e dos modelos

  • Fernando Augusto Albuquerque Mourão Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Explicação sociológica, Fator externo, Fator interno, Terceiro Mundo, Periferia e semiperiferia

Resumo

Publicado originalmente nos Anais de um Colóquio realizado na Associação Internacional de Sociólogos de Língua Francesa (Genebra, Suíça, 1993), este texto discute, na linha de Georges Balandier, a necessidade de um equilíbrio, no plano explicativo, entre fatores internos e fatores externos, no que concerne à análise das sociedades globais, bem como às dinâmicas das Relações Norte-Sul. Do ponto de vista teórico-metodológico, aponta os riscos e as armadilhas existentes no nível da realidade social, com reflexos sobre os modelos interpretativos dessas mesmas realidades. Este texto, embora datado, foi escrito e apresentado durante uma conjuntura internacional em que diversos regimes autoritários se transmutaram em democracias multipartidárias, e cediam às pressões por uma abertura crescente de seus mercados. Passado quase um quarto de século, verifica-se atualmente uma retomada das pressões liberalizantes, impostas a partir dos centros de poder financeiro e militar. Uma retomada da iniciativa, em reação aos discursos tecnicistas e impositivos, torna-se então mister para aqueles que não abandonam um imaginário utópico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Augusto Albuquerque Mourão, Universidade de São Paulo
Sociólogo, professor aposentado da Faculdade de Direito e do Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Precursor, no Brasil, das sociologias do continente africano e das relações internacionais. Participou do projeto da publicação da Historia Geral da África, da UNESCO, como membro do Comitê Cientifico Internacional e do Bureau do projeto, como vice-presidente. Fundou o Centro de Estudos Africanos da USP
Publicado
2016-12-28
Como Citar
Mourão, F. (2016). O interno e o externo na explicação sociológica: continuidades e descontinuidades das realidades e dos modelos. Cadernos CERU, 27(2), 26-32. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/125071
Seção
Dossiê Amazônia