A invenção da conquista do Acre

  • Valtemir Evangelista de Souza USP

Resumo

Na conquista do Acre destacam-se vários atores importantes, tais como os governos do Brasil, do Pará e Amazonas, o último interessado na expansão territorial, os comerciantes estabelecidos em Belém e Manaus com relações na Europa, principais financiadores dos desbravadores responsáveis pelos levantamentos das potencialidades da região dos altos cursos dos rios. Foi através das primeiras incursões e viagens de drogas do sertão, como cacau, breu, copaíba, anil, óleos vegetais e animal e pirarucu, dentre outros, ajudaram nos levantamentos e reconhecimentos que permitiram saber as possibilidades de exploração de produtos naturais, principiando a organização dos seringais e a exploração da borracha, com abertura das estradas de seringa, além de transportes de produtos e mercadorias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valtemir Evangelista de Souza, USP

Pós-Graduando do Curso de Geografia Humana da USP/Aluno do Prof. Wanderley Messias da COSTA, disciplina: Geografia Política: Teorias sobre o Território e o Poder e sua Aplicação à Realidade Contemporânea. 

Publicado
2018-12-31
Como Citar
Souza, V. (2018). A invenção da conquista do Acre. Cadernos CERU, 29(2). Recuperado de http://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/155270
Seção
Dossiê Amazônia