ESCOLAS E A PANDEMIA, AÇÕES DE ENFRENTAMENTO DO AFASTAMENTO EDUCACIONAL

Autores

  • Roger Marchesini de Quadros Souza
  • José Cláudio Diniz Couto
  • Luzia Serapicos Martins Diniz Couto

Palavras-chave:

Ensino Remoto. Pandemia. Educação.

Resumo

educação do estado, municípios e as escolas públicas e privadas a adotarem ações de isolamento social, com consequente suspensão de aulas presenciais, e adoção de modelos diversos de ensino remoto. Essas medidas, adotadas em regime de emergência e sem o necessário planejamento, impactaram diretamente o “chão da escola”, o trabalho docente e, consequentemente, a aprendizagem dos alunos. Neste artigo, apresentamos pesquisa realizada neste momento decisivo, a partir de acesso a reuniões pedagógicas promovidas por videoconferência e depoimentos colhidos de alunos e professores também via remota. Trata-se de reflexões iniciais que permitirão, com seu aprofundamento e novas pesquisas, a generalização pretendida, mas que em certa medida, já refletem a realidade vivida em diversos sistemas de ensino e regiões como podemos verificar ao longo do artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roger Marchesini de Quadros Souza

Pesquisador Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas Sociais e Políticas em Fracasso Escolar – GEPESP.

José Cláudio Diniz Couto

Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas Sociais e Políticas em Fracasso Escolar – GEPESP

Luzia Serapicos Martins Diniz Couto

Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Sociais e Políticas em Fracasso Escolar – GEPESP

Downloads

Publicado

2020-09-03

Como Citar

Souza, R. M. de Q., Couto, J. C. D., & Couto, L. S. M. D. (2020). ESCOLAS E A PANDEMIA, AÇÕES DE ENFRENTAMENTO DO AFASTAMENTO EDUCACIONAL. Cadernos CERU, 31(1), 99-115. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/174488