Afinal, alternativo a que? Agente motriz, álcool-motor, carburante nacional, álcool anidro, álcool hidratado ou etanol: o combustível “verde” (-”amarelo”)

  • Mateus Sampaio Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Álcool, Açúcar, Petróleo, Mercado interno, Mercado externo

Resumo

Esse artigo faz referência à evolução histórica do uso do álcool enquanto combustível veicular alternativo no Brasil. O enfoque central se dá nas relações que o álcool manteve ao longo do tempo com o açúcar e o petróleo, e como a produção e consumo desses artigos podem se relacionar entre si. Para isso nos baseamos na revisão bibliográfica do que se produziu sobre o assunto, lendo tanto textos contemporâneos aos principais acontecimentos, como análises posteriores realizadas por estudiosos dessa temática

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mateus Sampaio, Universidade de São Paulo
Doutorando em Geografia – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo
Publicado
2015-06-04
Como Citar
Sampaio, M. (2015). Afinal, alternativo a que? Agente motriz, álcool-motor, carburante nacional, álcool anidro, álcool hidratado ou etanol: o combustível “verde” (-”amarelo”). Cadernos CERU, 25(2), 39-66. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/98763
Seção
Dossiê Amazônia