Força relativa da etnicidade entre os jovens nipo-brasileiros na cidade de São Paulo

  • Maria Juliana Konigame Universidade de Tsukuba
Palavras-chave: comunidade étnica, etnicidade, associações nipo-brasileiras, jovens

Resumo

Após mais de cem anos de imigração japonesa para o Brasil, diversas pesquisas exploraram largamente as primeiras gerações de japoneses e seus descendentes no Brasil; a presente pesquisa pretendeu analisar as gerações mais novas de descendentes de japoneses na cidade de São Paulo, buscando explorar questões mais recentes que surgem dentro da comunidade étnica. À medida que as gerações mais novas vão se afastando das primeiras gerações de imigrantes observarmos algumas mudanças na dinâmica da comunidade étnica. A fim de compreender essas mudanças, focamos a análise na problemática da retenção da etnicidade por parte das gerações mais novas. Para tanto, a pesquisa procurou observar a formação de identidades étnicas entre os jovens nipo-brasileiros através da análise do envolvimento desses jovens com associações étnicas. Entre os resultados desse estudo observamos que há uma tendência entre os jovens descendentes de japoneses em construir uma noção de etnicidade por meio da proximidade ou distância de associações ou agrupamentos étnicos que pode variar bastante de acordo com o período da vida em que se encontram. Também pudemos observar que há variados modos de participar na comunidade de acordo com a faixa etária, local de moradia etc. De modo geral, a persistência da etnicidade entre as gerações mais novas se mostra essencial nas discussões sobre o futuro das associações étnicas e a manutenção da comunidade de nipo-brasileiros. Enquanto houver aparatos comunitários, associações ativas e voluntários jovens que deem continuidade a todo esse aparato, a percepção da existência de uma relativamente forte e visível comunidade nipo-brasileira (marcada por essas instituições espalhadas por toda cidade de São Paulo) irá persistir

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Juliana Konigame, Universidade de Tsukuba

Mestre em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP), bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Doutoranda pela Universidade de Tsukuba, bolsista do Monbukagakusho (MEXT).

Publicado
2015-06-04
Como Citar
Konigame, M. J. (2015). Força relativa da etnicidade entre os jovens nipo-brasileiros na cidade de São Paulo. Cadernos CERU, 25(2), 191-214. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/98770
Seção
Dossiê Amazônia