A dinâmica do enlutamento na sociedade israelense contemporânea e seus ecos na literatura de David Grossman

  • Karla Louise de Ameida Petel Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Dinâmica do Enlutamento, Sociedade Israelense, Literatura Contemporânea de Israel, David Grossman.

Resumo

O presente artigo objetiva refletir sobre a dinâmica do enlutamento existente na sociedade israelense contemporânea e sobre em quais momentos/eventos históricos reside a sua origem. Esta pesquisa busca também analisar a flagrante manutenção da dor e do trauma como experiência individual e coletiva em Israel, reforçados pelo próprio Estado através de inúmeras datas e rituais memorialísticos, chegando a atingir proporções nacionais. Consolidado como uma verdadeira construção social, o enlutamento, portanto, passa a fazer parte da dura realidade cotidiana do país e ressoa nas mais diversas manifestações artísticas da sociedade, sobretudo a literatura. Por fim, este trabalho dedica-se ainda a uma leitura analítico-interpretativa de duas obras do autor contemporâneo israelense David Grossman – A mulher foge (2011) e Fora do tempo (2012) as quais contém ecos muito significativos da temática da morte e do luto característicos da sociedade israelense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karla Louise de Ameida Petel, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Doutoranda em Estudos Judaicos pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Judaicos e Árabes da Universidade de São Paulo e Professora do Departamento de Língua e Literatura Hebraicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Publicado
2016-12-26
Como Citar
Petel, K. L. (2016). A dinâmica do enlutamento na sociedade israelense contemporânea e seus ecos na literatura de David Grossman. Cadernos De Língua E Literatura Hebraica, (14), 11-34. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.cllh.2016.125028
Seção
LITERATURA HEBRAICA E JUDAICA