O teatro judaico na língua ídiche na crítica teatral de L. S. Vygótski

  • Priscila Nascimento Marques Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Teatro Ídiche, Crítica Teatral, Teatro Soviético.

Resumo

O artigo tem por objetivo apresentar alguns aspectos da formação de um teatro judaico de língua ídiche na Rússia, seus desafios e principais características, para, em seguida, comentar uma série de resenhas escritas por L. S. Vygótski (1896-1934) acerca das apresentações da companhia de teatro dirigida por Menachem Rubin, as quais tiveram lugar na cidade de Gomel (atual Bielorrússia), no ano de 1923. As resenhas acompanham as inovações trazidas pelo teatro judaico no contexto das vanguardas russas, mas também seus paradoxos e inconsistências. O olhar sobre a produção da província revela, ainda, as diferenças em relação ao que se faz nas grandes capitais. Por fim, as resenhas trazem à tona a ligação de Vygótski com tradições e temas judaicos, aspecto frequentemente negligenciado de sua biografia e que só recentemente tem recebido maior atenção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscila Nascimento Marques, Universidade de São Paulo
Doutora em Literatura e Cultura Russa pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.
Publicado
2016-12-26
Como Citar
Marques, P. (2016). O teatro judaico na língua ídiche na crítica teatral de L. S. Vygótski. Cadernos De Língua E Literatura Hebraica, (14), 47-62. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.cllh.2016.125030
Seção
LITERATURA HEBRAICA E JUDAICA