Uma Escrita à Margem: “Notas ao Pé da Página”, de Moacyr Scliar

  • Késia Oliveira Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

O conto “Notas ao pé da página”, de Moacyr Scliar, põe em cena algumas relações importantes entre escrita e autoria na contemporaneidade. Composta de cinco notas de um anônimo tradutor no rodapé de páginas em branco, a narrativa, com esse recurso, deixa vislumbrar a conturbada tensão entre o tradutor e o autor do texto, ao qual o leitor não tem acesso. A partir do conceito de “desplazamiento” proposto por Ricardo Piglia, pretende-se analisar em que medida as notas do tradutor e a invisibilidade do texto do autor traduzido podem ser compreendidas como características da narrativa contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Késia Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais
Mestre em Estudos Literários pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais.
Publicado
2018-01-23
Como Citar
Oliveira, K. (2018). Uma Escrita à Margem: “Notas ao Pé da Página”, de Moacyr Scliar. Cadernos De Língua E Literatura Hebraica, (15), 76-92. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.cllh.2017.142462
Seção
DOSSIÊ MOACYR SCLIAR