Portal da USP Portal da USP Portal da USP

11 poemas de Propércio (I, 1-11) traduzidos com o verdadeiro dístico elegíaco de Péricles Eugênio da Silva Ramos

João Angelo Oliva Neto

Resumo


Para traduzir a Elegia II, 27 de Propércio (1964), Péricles Eugênio da Silva Ramos forjou um rigoroso dístico português formado de alexandrino perfeito e decassílabo heroico, diferentemente do que fizeram seus seguidores diretos e indiretos, inclusive eu, que utilizaram outros tipos de dodecassílabos e decassílabos. Proponho-me agora primeiro a estabelecer as caracterísiticas precisas do dístico de Péricles Eugênio e o poder que tem para reproduzir melhor em português a katálexis, isto é, a supressão de sílabas do pentâmetro datílico em relação ao hexâmetro datílico. Estabelecidas as "leis" deste dístico, após breves considerações sobre o uso do hipérbato e da segunda pessoa em português, proponho como experimento praticar o dístico de Péricles Eugênio nos onze primeiros poemas do livro primeiro de Elegia de Propércio.

Palavras-chave


Dístico elegíaco em português; Péricles Eugênio da Silva Ramos; katálexis; elegia latina; Propércio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.