Verbos de Movimento na Tradução Russo-Português

  • Noé Oliveira Queiroz Policarpo Polli Universidade de São Paulo
Palavras-chave: verbos de movimento, direção do deslocamento, posição do falante, tradução

Resumo

Comparam-se os meios de descrição do movimento nos dois idiomas e apresentam-se situações, nas quais as necessidades da tradução produzem subsídios aos dicionaristas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Noé Oliveira Queiroz Policarpo Polli, Universidade de São Paulo

Estudou Matemática e Letras na USP e cursou o doutorado na Universidade Estatal M. V. Lomonóssov, de Moscou, na
então União Soviética (1983-1989). É professor de língua russa na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP e dedica-se ao estudo comparativo do russo com o português e à tradução de obras de autores clássicos russos, tendo já publicado coletâneas de contos de Antón Tchékhov (O violino de Rotschild; Veredas, 1990), Aleksandr Kuprin (O bracelete de granadas; Globo, 2007) e Nikolai Leskov (Homens interessantes; Ed. 34, 2012).

Publicado
2018-06-08
Como Citar
Polli, N. (2018). Verbos de Movimento na Tradução Russo-Português. Cadernos De Literatura Em Tradução, (20), 26-30. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/clt/article/view/146783