Evguêni Oniêguin: em busca de um estilo

  • Alípio Correia de Franca Neto University of Roehampton
  • Elena Vássina Universidade de São Paulo
Palavras-chave: A. Púchkin, romance Evguêni Oniêguin, tradução

Resumo

Apresentamos a tradução das primeiras dez estrofes do Capítulo I do romance em versos Evguêni Oniêguin, de Aleksandr Púchkin (1799-1837), que contou também com a colaboração inestimável do falecido Prof. Boris Schnaiderman. No artigo ressaltamos preferências de abordagens teóricas que acabaram por influenciar as “escolhas” da tradução, em termos de uma tentativa de reconstituição de estilo desta obra fundamental da literatura russa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alípio Correia de Franca Neto, University of Roehampton

Poeta, tradutor, pós-doutor em Teorias da Tradução, Doutor em Teoria Literária e Literatura Comparada e atualmente é professor honorário na University of Roehampton. Por três vezes foi agraciado com o Prêmio Jabuti por suas traduções de Pomas, um tostão cada (Iluminuras, 2001) de James Joyce; A balada do velho marinheiro, de S. T. Coleridge (Ateliê Editorial, 2006); e Vênus e Adônis, de William Shakespeare (Editora Leya, 2014), que também lhe rendeu um prêmio do conselho Britânico.

Elena Vássina, Universidade de São Paulo

Pesquisadora russa, doutora em História e Teoria de Arte e pós-doutorado em Teoria e Semiótica de Cultura e Literatura pelo Instituto Estatal de Pesquisa da Arte (Rússia). Organizadora, autora e tradutora dos livros “Tipologia do simbolismo nas culturas russa e ocidental” (2005), “O cadáver vivo”, de L. Tolstói (2007), “Liev Tolstói: Os últimos dias”(2011), “Teatro russo: literatura e espetáculo” (2011), “Stanislávski: Vida, obra e Sistema” (2015), entre outros. Em 2016, foi finalista do premio Jabuti e do premio Aplauso Brasil. Atualmente trabalha como professora dos cursos de graduação e de pós-graduação da USP.

Publicado
2018-06-08
Como Citar
Franca Neto, A., & Vássina, E. (2018). Evguêni Oniêguin: em busca de um estilo. Cadernos De Literatura Em Tradução, (20), 473-483. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/clt/article/view/146876