María Eugenia Vaz Ferreira: entre ilhas e cânticos

  • Jacicarla Souza da Silva Universidade Estadual de Londrina

Resumo

Com intuito de evidenciar uma das muitas vozes femininas silenciadas pela historiografia canônica, este trabalho pretende apresentar alguns poemas traduzidos da poetisa uruguaia María Eugenia Vaz Ferreira (1875-1924), publicados na obra “La isla de los cánticos” (1925).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jacicarla Souza da Silva, Universidade Estadual de Londrina

Possui doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP/Brasil), concluído em 2012. Tem experiência e trabalhos publicados na área de Letras, com ênfase na área de Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura latino-americana, literatura de autoria feminina, lírica e cultura hispânica. Entre suas publicações destacam-se os livros Um (in)visible college na América Latina: Cecília Meireles, Gabriela Mistral e Victoria Ocampo (Editora Unesp, 2014) e Vozes femininas da poesia latino-americana: Cecília e as poetisas uruguaias (Cultura Acadêmica, 2009). Atualmente, é professora Adjunta do Departamento de Línguas Estrangeiras Modernas da Universidade Estadual de Londrina (UEL) no curso de Letras/Língua Espanhola e Literaturas Hispânicas.

Publicado
2019-08-03
Como Citar
da Silva, J. (2019). María Eugenia Vaz Ferreira: entre ilhas e cânticos. Cadernos De Literatura Em Tradução, (21), 15-25. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/clt/article/view/160673