[1]
V. F. Martínez e D. Junkes, “Uma poética transgressora: tradução de três poemas de Lydda Franco Farías”, Cad. lit. tradução, nº 21, p. 121-130, ago. 2019.