Educação e tradição marxista no Brasil

Autores

  • Oswaldo H. Yamamoto Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v0i10p33-43

Palavras-chave:

Educação, marxismo, intelectuais, produção teórica

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar o aporte do pensamento e da tradição marxista na produção educacional brasileira que emerge na segunda metade da década de 70, em meio ao processo de rearticulação das forças oposicionistas. Faz relato contextualizado sobre a politização e participação do meio acadêmico no período de redemocratização do país, tecendo considerações sobre a tradição marxista no Brasil e sua influência na produção especificamente voltada para a educação.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1997-12-30

Como Citar

Yamamoto, O. H. (1997). Educação e tradição marxista no Brasil. Comunicação & Educação, (10), 33-43. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v0i10p33-43