Da comunicação à educação: a importância dos estudos de recepção

  • Maria Aparecida Baccega
  • Margaret de Oliveira Guimarães

Resumo

O artigo analisa o livro de Nilda Jacks e Ana Carolina Escosteguy – Comunicação e recepção – que, buscando conhecer quem é, qual o lugar e qual a ação do sujeito–receptor no processo comunicacional, oferecem a pesquisadores da área, a educadores e a todos aqueles que se interessam pelo tema uma reconstrução histórica do espaço conceitual e metodológico da recepção, a partir de um mapeamento teórico capaz de organizar,
respeitando uma ordem cronológica, os paradigmas que nortearam os estudos da comunicação que marcaram o século XX. São apresentadas também as várias contribuições de pesquisadores brasileiros, entre os quais Maria Immacolata Vassalo de Lopes, Mauro Wilton de Sousa, Eclea Bosi,
Ondina Fachel, Elza Dias Pacheco, Rosa Maria Bueno Fischer, em variados momentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-12-30
Como Citar
Baccega, M. A., & Guimarães, M. (2006). Da comunicação à educação: a importância dos estudos de recepção. Comunicação & Educação, 11(3), 409-414. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v11i3p409-414