Que sabemos nós de nós mesmos?

  • Renata Pallottini

Resumo

Neste depoimento Renata Pallottini, poeta, dramaturga, contista, romancista, roteirista de telenovelas e séries para a TV, ganhadora dos mais importantes prêmios, como o Governador do Estado, Molière, Jabuti e Cecília Meireles, entre outros, narra como se interessou por teatro e sua ida
para a Escola de Arte Dramática da ECAUSP, nos anos 1970. Nesse período da vida política do Brasil, teve início um verdadeiro concerto de condenações às suas peças, começando por Enquanto se vai morrer..., uma apaixonada defesa do direito de amar e uma igualmente apaixonada acusação à pena de morte e ao castigo da tortura. Ficou trinta anos engavetada, até sair do silêncio em 2002. Por retratarem uma época e por serem decisivos na evolução da sua carreira como escritora de teatro, reproduz neste seu depoimento alguns trechos dos textos da Censura Federal aos quais teve acesso recentemente. Lembra-nos de que hoje, quando o fantasma da censura, qualquer que seja o seu novo apelido, se nos apresenta outra vez, precisamos estar alertas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-08-30
Como Citar
Pallottini, R. (2007). Que sabemos nós de nós mesmos?. Comunicação & Educação, 12(2), 91-96. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v12i2p91-96