62 anos de inclusão do deficiente visual

  • Dorina Nowill
Palavras-chave: Fundação Dorina Nowill para Cegos, Sistema braille, inclusão social.

Resumo

No ano das comemorações mundiais dos 200 anos do nascimento do criador do sistema braille de leitura e
escrita, a presidente emérita e vitalícia da Fundação Dorina Nowill para Cegos, há mais de sessenta anos trabalhando para a inclusão social do deficiente visual no Brasil e eleita, no ano passado, pela revista Forbes uma das cinco mulheres mais influentes do País, conta um pouco de sua vida neste
Depoimento para a revista Comunicação & Educação. A Fundação Dorina Nowill para Cegos possui a maior imprensa braille do Brasil. Produz livros de literatura, didáticos, partituras de música, entre outros. Em 2007, atingiu a impressionante marca de mais de 33 milhões de páginas impressas em
braille. Os livros editados pela entidade são distribuídos gratuitamente para deficientes visuais e mais de 1.650 organizações, como escolas, universidades e associações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-04-30
Como Citar
Nowill, D. (2009). 62 anos de inclusão do deficiente visual. Comunicação & Educação, 14(1), 99-106. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v14i1p99-106
Seção
Depoimento