Casa, solar e palácio: técnicas de restauração em madeira

  • Marisa Hoirisch Universidade Federal do Rio de Janeiro; Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
  • Rosina Trevisan M. Ribeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro; Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Palavras-chave: Restauração de madeiras, Preservação de prédios históricos, século 19^i1^sRio de Jane, século 19^i1^, século 19^i1^sBra

Resumo

Este artigo descreve e analisa ações de restauração e conservação adotadas na salvaguarda de estruturas em madeira de três edificações históricas, erigidas no século 19, na cidade do Rio de Janeiro. São prédios com características tipológicas distintas, cujas intervenções ocorreram de 1996 a 2005. Trata- se de uma casa, um solar e um palácio: respectivamente, o Museu Villa- Lobos, o Solar da Marquesa de Santos e o Palácio Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) todos tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em função de seus valores históricos e artísticos. Apresenta- se um breve relato da história e arquitetura destes três monumentos, e na sequência são descritas as intervenções utilizadas na restauração de suas estruturas. O objetivo é demonstrar as estratégias diferenciadas que foram utilizadas para a conservação de distintos sistemas estruturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-04-01
Como Citar
Hoirisch, M., & Ribeiro, R. (2010). Casa, solar e palácio: técnicas de restauração em madeira . Revista CPC, (9), 83-98. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i9p83-98
Edição
Seção
Conservação e Restauração