O carimbó: cultura tradicional paraense, patrimônio imaterial do Brasil

  • Bruna Muriel Huertas Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil
Palavras-chave: Carimbó, Cultura tradicional, Patrimônio culturaI imaterial

Resumo

Reunindo em si elementos das culturas indígenas, ibéricas e africanas, o carimbó – manifestação cultural tradicional presente no Estado do Pará – expressa em sua música, letras, instrumentos e dança certas características do modo de vida das populações tradicionais ribeirinhas e rurais da região, assim como a relação dessas populações com o ambiente que as envolve. O objetivo desta pesquisa foi compreender algumas características históricas, étnicas, geográficas e estéticas do carimbó da Zona do Salgado, assim como a relação entre a manifestação e o modo de vida das comunidades que o praticam. Como metodologia recorreu-se à pesquisa bibliográfica interdisciplinar e à pesquisa empírica etnográfica. Percebeu-se que, apesar das intensas transformações sociais evidenciadas no modo de vida tradicional das localidades investigadas, o carimbó segue sendo uma expressão artísticocultural de práticas sociais e saberes diversos e é visto pelos seus produtores como expressão da identidade cultural da Amazônia Atlântica. Seus produtores lutam pela concretização de ações públicas voltadas para a sua legitimação, que contribuam para a valorização, a produção e a circulação do carimbó. O reconhecimento do carimbó como patrimônio cultural imaterial do Brasil é resultado desta luta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Muriel Huertas, Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil

Estudante de doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina, Universidade de São Paulo (PROLAM/USP), São Paulo, Brasil.

Publicado
2014-12-17
Como Citar
Huertas, B. (2014). O carimbó: cultura tradicional paraense, patrimônio imaterial do Brasil. Revista CPC, (18), 81-105. https://doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0i18p81-105
Seção
Artigos