Silêncio compartilhado: gestos de escrita e gestos de presença

  • Luiza Crosman Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ)
Palavras-chave: Writing, Performance, Participation, Collective Actions Group.

Resumo

A comunicação tem por objetivo refletir sobre a participação em um acontecimento artístico coletivo como um gesto de presença, alcançado no entrecruzamento da experiência e da escrita e possibilitando a emergência de subjetividades. A partir do texto “Cy Twombly: works on paper”, de Roland Barthes, apresenta um panorama que entende o gesto como o surplus de uma ação. Este panorama seráexpandido na união com um gesto silencioso da observação do contigente: O “É isto!” defendido pelo autor através do estudo de haikais no livro “A Preparação do Romance”. Tal investigação abriráo campo da “forma breve”, como posto por Barthes, e da noção de “sutileza” como posto por Claire Bishop no artigo “Zones of Indistinguishability: Collective Actions Group and Participatory Art”. Tanto a forma breve quanto a sutileza serão encaradas como formas de produzir subjetividade. Finalmente, o artigo iráresgatar o caráter anti-interpretativo do “É isto!” que, segundo Barthes, os haikais exercitam na sua relação entre experiência e forma, usando-o para analisar obras do grupo russo Collective Actions Group, ativo principalmente durante o período socialista, pensando assim não só o deslocamento entre escrita e presença, mas também a própria ideia de coletividade e compartilhamento de experiências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiza Crosman, Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ)
Artista visual e mestranda na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), bolsista da FAPERJ.

Referências

BARTHES, Roland. A Preparação do Romance - Vol. I. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

BARTHES, Roland. “Cy Twombly: works on paper”. In: ______.The responsability of forms. University of Carlifornia Press, Berkeley e Los Angeles, 1991.pgs 157-176.

BARTHES, Roland. “From Work to Text”. In: ______. Image, Music, Text. Traduzido por Stephen Heath. Nova York: Hill and Wang, 1977.

BISHOP, Claire. “Zones of Indistinguishability: Collective Actions Group and Participatory Art”. Disponível em http://www.e-flux.com/journal/zones-of-indistinguishability-collective-actions-group-and-participatory-art/#_ftn21.)Acesso em: 20/06/2015.

MONASTYRSKY, Andrei. “Preface to Volume One”. Disponível em http://www.conceptualism-moscow.org/page?id=1557〈=en. Traduzido por Yelena Kalinsky. Acesso em: 20/06/2015.

Publicado
2015-12-30
Como Citar
Crosman, L. (2015). Silêncio compartilhado: gestos de escrita e gestos de presença. Revista Criação & Crítica, (spe), 115-122. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0ispep115-122