Cinema e Letra: Algumas conjugações propostas por Mário de Andrade

Autores

  • Carla Moreira Kinzo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i16p4-20

Palavras-chave:

Mário de Andrade, Cinema e Literatura, Amar, verbo intransitivo

Resumo

O artigo investiga em que medida o cinema esteve presente no trabalho de Máriode Andrade, notadamente em seu livro Amar, verbo intransitivo, a partir de um estudo do Narrador e da maneira pela qual é construído um olhar em perspectiva para dentro da trama. Convocamos outros textos do autor, como fragmentos de cartas e textos críticos, nos quais é possível entrever algumas de suas ideias sobre a arte moderna, em que o cinema é uma importante chave de debate.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carla Moreira Kinzo, Universidade de São Paulo

Graduada em Cinema e Vídeo pela ECA/USP e em Letras pela FFLCH/USP. Mestre e Doutoranda pelo Programa de Estudos Comparados em Literaturas de Língua Portuguesa, FFLCH/USP.

Downloads

Publicado

2016-11-23

Como Citar

Kinzo, C. M. (2016). Cinema e Letra: Algumas conjugações propostas por Mário de Andrade. Revista Criação & Crítica, (16), 4-20. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i16p4-20

Edição

Seção

Artigos