O prazer estético da comida em Gabriele D’annunzio

  • Fabiano Dalla Bona Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Gabriele D’Annunzio, Decadentismo, Literatura Italiana, Estética da comida

Resumo

Gabriele D'Annunzio é, sem dúvida, uma das personalidades mais complexas da cultura e da literatura italianas. Homem de acentuado sentido estético, cultor do gosto, amante da arte e do refinamento, apreciador e fruidor do belo e do luxo, dandy por antonomásia, cultor de si mesmo, foi também um gourmet. Personagem poliédrico, difícil de explicar em breves palavras. Era um amante dos doces e de sobremesas, consumia muitas frutas, e ao contrário do que se pensa era bastante parcimonioso à mesa e dedicava-se a longos períodos de jejum. Com base nas obras de Perullo (2006), Visser (1998), Brillat-Savarin (1999), Grimod de La Reynière (2005) e em algumas biografias e ensaios críticos sobre o escritor, o presente artigo discute o papel da estética na comida, na gastronomia e nos rituais da mesa descritos nas obras de Gabriele D’Annunzio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiano Dalla Bona, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Professor do Departamento de Letras Neolatinas - Área de Italiano e Programa de Pós-graduação em letras Neolatinas da UFRJ

Referências

ACCORSI, Maria Grazia. Personaggi letterari a tavola e in cucina. Palermo: Sellerio. 2005.

ANTONGINI, Tom. Vita segreta di Gabriele D’Annunzio, 9ª ed. Milano: Mondadori, 1944.

BECK, Heinz. L’ingrediente perduto, la filosofia e la passione di un gran maestro del gusto. Milano, Mondadori, 2009.

BRILLAT-SAVARIN, Jean Anthelme. A fisiologia do gosto. Trad. Paulo Neves. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

D’ANNUNZIO, Gabriele. Cento e cento e cento e cento pagine del Libro segreto di Gabriele d'Annunzio tentato di morire. Milano: Mondadori, 1995.

D’ANNUNZIO, Gabriele. Trionfo della morte. Roma: L’Oleandro, 1936.

D’ANNUNZIO, Gabriele. Il piacere. Milano: Fratelli Treves, 1923.

D’ANNUNZIO, Gabriele. Pagine disperse, cronache mondane, letteratura, arte di Gabriele D’Annunzio. (Org. Alighiero Castelli). Roma: Bernardo Lux Editore, 1913.

ENCICLOPEDIA FILOSOFICA. (Org. Virgilio Merchiore). Volume IV. Milano: Bompiani, 2006.

GEIGER, André. Gabriele D’Annunzio. Paris: La Renaissance du Livre, 1918.

GRIMOD DE LA REYNIÈRE, Alexandre Balthazar Laurent Manual dos anfitriões. São Paulo: Editora Degustar, 2005.

LORENZINI, Niva. Il segno del corpo: saggio su D’Annunzio. Roma: Bulzoni, 1984.

MORELLO, Vincenzo. Gabriele D’Annunzio. Roma: Società Libraria Editrice Nazionale, 1910.

PASSERINI, Giuseppe Lando. Il vocabolario della prosa dannunziana. Firenze: G. C. Sansoni Editore, 1913.

PERULLO, Nicola. Per un’estetica del cibo. Palermo: Aesthetica, 2006.

VISSER, Margaret. O ritual do jantar: as origens, evolução, excentricidades e significado das boas maneiras à mesa. Trad. Sônia Coutinho. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1998.

Publicado
2017-06-30
Como Citar
Bona, F. (2017). O prazer estético da comida em Gabriele D’annunzio. Revista Criação & Crítica, (18), 65-81. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i18p65-81