Não basta fabricar um sangue comum

Ética realista em Passageiro do fim do dia, de Rubens Figueiredo

Palavras-chave: Rubens Figueiredo, Passageiro do fim do dia, Barco a seco, realismo, ficção brasileira contemporânea

Resumo

O artigo discute o último romance de Rubens Figueiredo, Passageiro do fim do dia (2010), enfatizando aspectos formais que configuram uma ética realista em sua representação da experiência social brasileira contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Corpas, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professora Associada. Departamento de Ciência da Literatura da UFRJ

Referências

DARÉ, Ivone. “Barco a seco, de Rubens Figueiredo: certezas e enganos da imagem identitária”. Terceira margem. Revista do Programa de Pós-graduação em Ciência da Literatura UFRJ, Rio de Janeiro, nº 16, p. 128-141, 2007.

FIGUEIREDO, Rubens. O mistério da samambaia bailarina. Rio de Janeiro: Record, 1986.

FIGUEIREDO, Rubens. Essa maldita farinha. Rio de Janeiro: Record, 1987.

FIGUEIREDO, Rubens. A festa do milênio. Rio de Janeiro: Rocco, 1990.

FIGUEIREDO, Rubens. As palavras secretas. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

FIGUEIREDO, Rubens. Barco a seco. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

FIGUEIREDO, Rubens. Contos de Pedro. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

FIGUEIREDO, Rubens. O livro dos lobos. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

FIGUEIREDO, Rubens. Passageiro do fim do dia. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

FIGUEIREDO, Rubens. “Sobre Passageiro do fim do dia: entrevista com Rubens Figueiredo”. Terceira margem. Revista do Programa de Pós-graduação em Ciência da Literatura UFRJ, Rio de Janeiro, nº 24, p. 191-207, 2011.

OTSUKA, Edu Teruki. Era no tempo do rei – Atualidade das Memórias de um sargento de milícias. São Paulo: Ateliê Editorial, 2016.

PATROCÍNIO, Paulo Roberto Toniani do. Cidade dos lobos: a representação de territórios marginais na obra de Rubens Figueiredo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2016.

ROSA, João Guimarães. Grande sertão: veredas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

Publicado
2018-11-20
Como Citar
Corpas, D. (2018). Não basta fabricar um sangue comum. Revista Criação & Crítica, (21), 115-126. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i21p115-126
Seção
Artigos