O burguês confrontado

a maleita em disparate de Mário de Andrade

  • Pedro Lotti Carvalho Dias Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Mário de Andrade, Modernismo, Amazônia

Resumo

Nos dias 8 e 15 de novembro de 1931, Mário de Andrade publicou dois artigos no jornal  Diário Nacional em que tematizava a febre da malária, conhecida na floresta amazônica como a “maleita”. Nestes artigos, valendo da posição de intelectual que a ele era reconhecido, confrontara o que era dado como “bom senso” burguês ao lançar o disparate de que a maleita amazônica possuía virtudes inefáveis aos habitantes de São Paulo. Esta publicação contara com o material de testemunho de viagem de Mário de Andrade produzido na expedição para a Amazônia organizada pela sra. Olivia Penteado. Com a legitimidade para tratar de assuntos amazônicos que lhe vinha da expedição, o autor descreveu o “maleiteiro” da Amazônia como virtuoso naquilo que em São Paulo era escasso, a paciência, sendo por isto o seu texto uma confrontação aberta à arrogância dos cidadãos brasileiros que alcançaram um elevado grau de urbanidade em seus estilos de vida. Neste artigo exporemos o conteúdo deste confronto. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Lotti Carvalho Dias, Universidade de São Paulo

Mestre em Filosofia pelo Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo.

Referências

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

BOTELHO, André. A viagem de Mário de Andrade à Amazônia entre raízes e rotas. Rev. Inst. Estud. Bras., São Paulo, n. 57, p. 15-50, dez. 2013.

CANTISANO, Pedro Jimenes. “Lares, Tribunais e Ruas: a inviolabilidade de domicílios e a Revolta da Vacina”. In: Revista Direito e Praxis Rio de Janeiro, n. 11, v. 6, 2015.

COHN, Amélia. “Diario Nacional”. In: http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-tematico/diario-nacional.

FIGUEIREDO, Aldrim Moura de. “Anfiteatro de Cura”, in: Artes e Ofícios de Curar no Brasil. Campinas: Ed. Da UNICAMP, 2003.

HOCHMAN, Gilberto; MELLO, Maria Tereza Bandeira de. SANTOS; Paula Roberta Elia dos. “A malária em fotos: imagens de campanhas e ações no Brasil da primeira metade do século XX”.

MAYER, Augusto. Poesia Completa de Raul Bopp. “Carta Aberta sobre Cobra Norato”. Rio de Janeiro: Ed. José Olympo, 2013.

PEIXOTO Fernanda Arêas. A Viagem como Vocação: itinerários, parcerias e formas de conhecimento. São Paulo: EdUSP, 2015

ROSENFELD, Anatol. “Mário e o cabotinismo”, In: Texto e Contexto I. São Paulo: Perspectiva, 1994.

SOUZA, Gilda de Mello e. “O mestre de Apipucos e o turista aprendiz”, in: Revista Tereza, n°1. São Paulo: USP-FFLCH, 2000.

FONTES:

ANDRADE, Mário de. “Maleita I”, (Diário Nacional. Domingo, 8 de novembro de 1931). In: O Turista Aprendiz. Brasília: ed. Do IPHAN, 2015.

ANDRADE, Mário de. “Maleita II”, (Diário Nacional. Domingo, 15 de novembro de 1931). In: O Turista Aprendiz. Brasília: ed. Do IPHAN, 2015.

CUNHA, Euclides da. À Margem da História. São Paulo: Ed. Cultrix, 1975.

Publicado
2018-12-22
Como Citar
Dias, P. L. C. (2018). O burguês confrontado. Revista Criação & Crítica, (22), 119-131. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v0i22p119-131