A cor na narrativa

um estudo intermidiático de Pequeno Azul e Pequeno Amarelo de Leo Lionni

  • Luara Teixeira de Almeida Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
  • Maria Rosa Duarte de Oliveira Pontifícia Universidade Católica de São Paulo https://orcid.org/0000-0002-4603-7349
Palavras-chave: Estudos Intermidiáticos, Mixmídia, Cor, Livro Ilustrado, Leo Lionni

Resumo

A partir de uma análise da relação entre o texto verbal e o visual no livro Pequeno Azul e Pequeno Amarelo de Leo Lionni (2011), este artigo tem como objetivo estabelecer um estudo intermidiático da obra, buscando compreender, principalmente, o papel da cor neste espaço narrativo, conferindo-lhe relevância em relação à história e desdobrando as suas potencialidades de sentido. Para isso, será considerada a função da cor como personagem, incorporando suas especificidades na criação de um texto mixmídia, cujos signos possuem coerência no momento em que são lidos juntos, sem que  haja subordinação entre palavra e imagem-cor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luara Teixeira de Almeida, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Graduada em Design Gráfico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, pós-graduada em Direção de Arte pela Faculdade Belas Artes de São Paulo e especialista em Ilustrações para Publicações Infantis e Juvenis pelo EINA (Centre Universitari de Disseny i Art de Barcelona). Atualmente é mestranda no Programa de Pós-Graduação em Literatura e Crítica Literária da PUC-SP, com pesquisa na área das cores nos livros ilustrados.

Maria Rosa Duarte de Oliveira, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professora Doutora e titular em Teoria Literária do Programa de Pós Graduação em Literatura e Crítica Literária da PUC-SP. Possui pesquisas e publicações em livros e periódicos especializados, nacionais e internacionais, sobre as seguintes temáticas: Machado de Assis; processos de narratividade; narrador, autor e leitor; narrativas modernas e contemporâneas; linguagem poética; escrita, corpo e voz. 

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O fogo e o relato. Ensaios sobre criação, escrita, arte e livros. Tradução Andrea Santurbano e Patricia Peterle. São Paulo: Boitempo, 2018.
ALBERS, Josef. A interação da cor. Tradução Jefferson Luiz Camargo. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2016.
CLÜVER, Claus. Inter Textus/ Inter Artes/ Inter Media. Aletria, v. 14, jul-dez 2006. Disponível em http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/aletria/article/view/1357. Acesso em 21 de Agosto de 2019.
CLÜVER, Claus. Da transposição intersemiótica. In: ARBEX, Márcia. Poéticas do visível: ensaios sobre a escrita e a imagem. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2006.
GELLHAUS, Axel. Aspectos cognitivos da literatura. Pandemonium, São Paulo, v. 15, n.19, Jul 2012. Disponível em http://www.revistas.usp.br/pg/article/view/39794. Acesso em 21 de Agosto de 2019.
KANDINSKY, Wassily. Do espiritual na arte. Tradução Álvaro Cabral e Antonio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 2015.
KANDINSKY, Wassily. Gramática da Criação. Tradução José Eduardo Rodil. Lisboa: Edições 70, 2018.
LEPRI, Chiara; BOTINES, Mireia Canals. Lionni’s little blue and little yellow: the joy of the encounter. Revista Internacional de Culturas y Literaturas, num. 21, jun 2018Disponível em: www.revistascientificas.us.es/index.php/CulturasyLiteraturas/article/view/4742. Acesso em 21 de Agosto de 2019.
LIONNI, Leo. Little Blue and Little Yellow. New York: Alfred A. Knopf, 2011.
NIKOLAJEVA, Maria; SCOTT, Carole. Livro Ilustrado: palavras e imagens. Tradução Cid Knipel. São Paulo: Cosac Naify, 2011.
PEDROSA, Israel. Da cor à cor inexistente. 5a. ed. Rio de Janeiro: Léo Christiano Editorial; Brasília: Ed. Universidade de Brasília, 1989.
ROMANI, Elizabeth. Design do livro-objeto infantil. Dissertação (Dissertação em Design e Arquitetura) – USP. São Paulo: 2011.
Publicado
2019-12-27
Como Citar
Almeida, L., & Oliveira, M. R. (2019). A cor na narrativa. Revista Criação & Crítica, 1(25), 198-210. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v1i25p198-210