A Transgressão Moderna e Pós-utópica de Ulisses

  • Carolina Dônega Bernardes Universidade Estadual Paulista
Palavras-chave: Ulisses, Nikos Kazantzakis, modernidade, Haroldo de Campos, pós-modernidade, transgressão.

Resumo

Largamente retomado pela tradição literária, o tema da viagem de Ulisses em muitas de suas representações confirma o ideal do herói nostálgico que se dirige ao lar em cumprimento de seu nóstos, assim como, em outras, reafirma o ímpeto do eterno navegador de mares. Diversas são as representações da última viagem de Odisseu, entre elas a Divina Comédia de Dante, Ulisses de Joyce , Odisséia de Nikos Kazantzakis e Finismundo de Haroldo de Campos. Pretendemos, neste artigo, avaliar a retomada do mito homérico por Kazantzakis no contexto da modernidade e Haroldo de Campos na pós-modernidade

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-04-15
Como Citar
Bernardes, C. (2009). A Transgressão Moderna e Pós-utópica de Ulisses. Revista Criação & Crítica, (2), 73-82. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v2i2p73-82
Edição
Seção
Artigos