O gênero autobiografia e a ascensão da mulher afro-americana em I know why the caged bird sings

  • Raquel D'Eboux Couto Nunes Universidade Federal de Alagoas
Palavras-chave: Autobiografia, agenciamento, feminismo, identidade, memória, violência.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo discutir o gênero autobiográfico, como expressão da mulher afro-americana, na obra I Know Why the Caged Bird Sings, de Maya Angelou, publicada em 1969. Apresentam-se aqui algumas perspectivas de leitura da obra, tais como agenciamento feminino e violência, bem como aspectos relacionados à complexidade do gênero autobiográfico devido a seu caráter fronteiriço entre fato e ficção, o pessoal e o político, entre outros

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-04-15
Como Citar
Nunes, R. (2010). O gênero autobiografia e a ascensão da mulher afro-americana em I know why the caged bird sings. Revista Criação & Crítica, (4), 77-90. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v3i4p77-90
Edição
Seção
Artigos