Sobre meninas e máquinas: “La nena” de Ricardo Piglia

  • Odenildo de França Almeida Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Departamento de Letras Modernas
Palavras-chave: La ciudad ausente, La nena, Ricardo Piglia, narração, experiência.

Resumo

“La nena”, um dos contos originados pela máquina de narrar de La ciudad ausente (1992) de Ricardo Piglia, mostra-se uma história-chave para entender a capacidade da narração como forma de reconstrução da experiência e do próprio sujeito que se dispõe a narrar. Além disso, oculta a história de Laura, “la nena” que dá título ao conto, grande paralelo com a história da própria máquina que o criou, permitindo, em parte, compreender pontos da origem desta e de sua programação. É ainda este um conto central gerado segundo o tema da perda, comum à história de origem da máquina, do romance e de outros de seus contos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-04-15
Como Citar
Almeida, O. (2011). Sobre meninas e máquinas: “La nena” de Ricardo Piglia. Revista Criação & Crítica, (6), 18-27. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v4i6p18-27
Edição
Seção
Artigos