Da crítica feminista e a escrita feminina

Autores

  • Paula Cristina Ribeiro da Rocha de Morais Cunha Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v5i8p1-11

Palavras-chave:

Crítica feminista, escrita feminina, Novas cartas portuguesas

Resumo

 A crítica feminista constituiu-se como um modelo conceitual de questionamento da cultura dominante, mas também uma prática de leitura e análise da produção de autoria feminina. Tendo no centro do debate teórico a questão da diferença sexual e da existência de uma escrita feminina, a ginocrítica propõe a redefinição dos pressupostos de uma cultura que impôs um paradigma que manteve a mulher afastada da produção simbólica. Este trabalho enuncia algumas dessas questões.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-04-15

Como Citar

Cunha, P. C. R. da R. de M. (2012). Da crítica feminista e a escrita feminina. Revista Criação & Crítica, (8), 1-11. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v5i8p1-11

Edição

Seção

Artigos