Espaço Literário Queer em “Triunfo dos Pelos”, DE Aretusa Von, e “Mi Buenos Aires Querido”, de Cíntia Moscovich

  • Adelaide Calhman de Miranda Universidade de Brasília
Palavras-chave: gênero, literatura brasileira contemporânea, teoria queer, espaço literário.

Resumo

 

Este artigo analisa a ligação entre espaço urbano e diversidade sexual em dois contos brasileiros contemporâneos: “Triunfo dos pelos”, de Aretusa Von, e “Mi Buenos Aires querido”, de Cíntia Moscovich. As duas narrativas problematizam a relação espaço/gênero na medida em que denunciam e subvertem a natureza gendrada dos espaços geográficos e discursivos. Além disso, esboçam uma espécie de espaço queer, pelo questionamento da heterossexualidade compulsória e pela desconstrução dos binarismos que hierarquizam a sociedade contemporânea.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-04-15
Como Citar
Miranda, A. (2012). Espaço Literário Queer em “Triunfo dos Pelos”, DE Aretusa Von, e “Mi Buenos Aires Querido”, de Cíntia Moscovich. Revista Criação & Crítica, (8), 20-32. https://doi.org/10.11606/issn.1984-1124.v5i8p20-32
Edição
Seção
Artigos