[1]
C. Bernardes, A Transgressão Moderna e Pós-utópica de Ulisses, RCC, nº 2, p. 73-82, abr. 2009.