Uma, duas, três princesas de Ana Maria Machado: a jornada feminina da torre à rua

  • Samira dos Santos Ramos Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT)
Palavras-chave: Literatura infantil, jornada do herói, feminino, Ana Maria Machado.

Resumo

Este artigo pretende problematizar a jornada do herói na literatura infantil contemporânea em que se observa que a figura da princesa deixa seu tradicional movimento de espera para colocar-se em jornada. Com base em Jolles, Coelho e Azevedo, realizamos o estudo da obra Uma, Duas, Três Princesas, de Ana Maria Machado, e suas convergências e divergências com os contos populares tradicionais. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samira dos Santos Ramos, Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT)
Mestra em Letras pela Universidade de São Paulo, especialista em Ética, Valores e Cidadania na Escola, pela mesma universidade. Licenciada em Letras pela Faculdade Diadema. Atua como professora de língua portuguesa e literatura no Instituto Federal do Mato Grosso.

Referências

AZEVEDO, Ricardo José Duff. Como o ar não tem cor, se o céu é azul?: Vestígios dos Contos Populares na Literatura Infantil. 1997. 324 f. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. São Paulo, 1997.

CAMPBELL, Joseph. O poder do mito. Com Bill Moyers. Organização Betty Sue Flowers. Tradução Carlos Felipe Moisés. São Paulo: Palas Athena, 1990.

CHEVALIER, Jean. Dicionário de Símbolos: (mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras, cores, números). Coord. Carlos Sussekind. Trad. Vera da Costa e Silva. 21ª Ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2007.

COELHO, Nelly Novais. A literatura infantil: história, teoria e análise. São Paulo: Moderna, 2000.

JOLLES, André. As formas simples. Tradução Álvaro Cabral. São Paulo: Cultrix, 1976.

MACHADO, Ana Maria. Uma, duas, três princesa.. Ilustrações Luani Guarnieri. São Paulo: Anglo, 2014.

PESSOA, Fernando. Eros e Psique. In Obra poética. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1985.

PROPP, Vladimir. Morfologia do Conto Maravilhoso. Rio de Janeiro: Editora Forense Universitária, 2006.

ZUMTHOR, Paul. A letra e a voz. Trad. A. Pinheiro e J. P. Ferreira. São Paulo, Companhia das Letras, 1993.

Publicado
2017-12-20
Como Citar
Ramos, S. (2017). Uma, duas, três princesas de Ana Maria Machado: a jornada feminina da torre à rua. Revista Crioula, (20), 320-336. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2017.137498
Seção
Dossiê: Diálogos de resistência: perspectivas feministas e literatura (ARTIGOS)