Dia bonito pra chover: Escrita negra e poética da interpretação em Lívia Natália

  • Ricardo Oliveira de Freitas Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
  • Davi Nunes Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
  • Thiago Martins Prado Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
Palavras-chave: intenção, Lívia Natália, interpretação poética

Resumo

Analisamos traços de intencionalidade e autoria na obra da escritora negra baiana Lívia Natália.  Para tanto, tomamos o livro de poesia Dia bonito pra chover como material de análise. Utilizamos as teorias de interpretação do texto literário, com o debate sobre a intencionalidade da autoria e autonomia da linguagem poética na obra, como referencial teórico-metodológico. A análise objetiva articular uma crítica interpretativa voltada para escrita negra, para a consolidação do gênero literatura negra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Oliveira de Freitas, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

Possui Graduação em Artes pela UFRJ (1992), Mestrado em Comunicação e Cultura pela UFRJ (1995) e Doutorado em Comunicação e Cultura pela UFRJ (2002).

Davi Nunes, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

Colaborador do Portal SoteroPreta, mestrando no Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagem - PPGEL/UNEB, poeta, contista e escritor de livro Infantil.

Thiago Martins Prado, Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

Professor Adjunto da Universidade do Estado da Bahia, Thiago Martins Prado é doutor em Letras pela UFBA (2011), possui mestrado em Letras pela UFBA (2005) e graduou-se em Letras Vernáculas (licenciatura e bacharelado) pela mesma universidade (2002).

Referências

AZIZE, Rafael Lopes. A falácia do antiintecionalismo. Revista de Filosofia Cognitio, São Paulo, ano II, p. 18-27, 2001.

FREITAS, Ricardo O. de. Da margem ao centro: comunicação e arte frente às questões de produção e recepção em produtos audiovisuais periféricos. Natal: INTERCOM, 2008. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2008/resumos/R3-0725-1.pdf . Acesso em: 25 jan. 2018.

HALL, Stuart. Da diáspora. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

NATÁLIA, Lívia. Água Negra. Salvador: EPP Publicações e Publicidade, 2011.

NATÁLIA, Lívia. Dia bonito pra chover. Rio de Janeiro: Editora Malê, 2017.

NETO, João Augusto Máttar. Teorias Literárias Pragmáticas: a função do autor. Revista de Filosofia Cognitio. São Paulo, ano I, n. 1-2, p. 58-78, 2000.

SANTOS, J. dos. Crônica literária. (pseudônimo de Medeiros e Albuquerque). A Notícia. Rio de Janeiro,15 dez. 1909.

WIMSATT, William K.; BEARDSLEY, Monroe C. The Intentional Fallacy. In: LODGE, David (org.). 20th Century Literary Criticism: A Reader. London: Longman, 1972.

Publicado
2018-06-30
Como Citar
Freitas, R., Nunes, D., & Prado, T. (2018). Dia bonito pra chover: Escrita negra e poética da interpretação em Lívia Natália. Revista Crioula, (21), 324-347. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.142695
Seção
Dossiê: Cânone e silêncios: o (não) lugar das minorias na Literatura (ARTIGOS)