Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Mediação e transculturação no orientalismo de Antero de Quental

José Carvalho Vanzelli

Resumo


Este texto pretende discutir se houve um processo de transculturação nas ideias do poeta português Antero de Quental (1842-1891) a partir de seu contato com o Oriente ao longo de sua vida. Para tanto, nos baseamos na teoria de transculturação do teórico uruguaio Ángel Rama e estudamos em um selecionado de cartas do poeta como sua interação com o pensamento oriental – mais especificamente com a filosofia budista – se alterou desde a década de 70, seu período mais combativo, até sua morte em 1891.

Palavras-chave


Antero de Quental; orientalismo; transculturação; Oriente; Budismo

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Flávio; VASCONCELOS, Sandra Guardini. O conceito de transculturação na obra de Ángel Rama. In: ABDALA JR., Benjamim (org.) Margens da cultura. São Paulo: Boitempo, 2004, p. 87-97.

FEITAIS, Paulo. Antero de Quental foi budista? Revista Lusófona de Ciência das Religiões, Lisboa: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias: n. 11, p. 109-124, 2007.

LIMA, Isabel Pires de. O Orientalismo na Literatura Portuguesa (Séculos XIX e XX). In: RODRIGUES, Ana Maria (coord.) O Orientalismo em Portugal. Porto: Edifício da Alfândega, 1999, p.145-160.

LOURENÇO, Eduardo. Antero ou a Noite Intacta. Lisboa: Gradiva, 2007.

MACHADO, Álvaro Manuel. O Mito do Oriente na Literatura Portuguesa. Lisboa: ICALP (Biblioteca Breve), 1983.

MARTINS, Oliveira. Introdução. In: QUENTAL, Antero. Sonetos Completos. 2. ed. Lisboa: Publicações Europa-América, [s.d.], p. 15-28.

MEDEIROS, Fernando Saboia. Anthero de Quental – técnica e inspiração de seus sonetos. Rio de Janeiro: Editora S. A. A Noite, 1938.

MORAES, Carlos Dante de. A Inquietação e o fim trágico de Anthero de Quental. Porto Alegre: Livraria do Globo, 1939.

QUENTAL, Antero. Cartas. 3 volumes. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2009.

QUENTAL, Antero. Sonetos Completos. 2. ed. Lisboa: Publicações Europa-América, [s.d.]

QUEIRÓS, Eça de. Um Gênio que era um Santo. In: Edição Crítica das Obras de Eça de Queirós. Almanaques e outros dispersos. FIALHO, Irene (org.). Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2009, p. 285-329.

SAMARTH, Amil. Espírito indiano de Antero de Quental.Estudos Anterianos, Vila do Conde: Centro de Estudos Anterianos: n. 3: p. 45-66, abr. 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.142981

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.