Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Quarto de Despejo, de Carolina Maria de Jesus: alteridade, linguagem e insubmissão

Leonardo Tadeu Nogueira Palhares, Ivana Ferrante Rebello

Resumo


Neste artigo propomos ler Quarto de Despejo, de Carolina Maria de Jesus, através da presença do “português” de duas maneiras: enquanto gentílico, em referência aos descendentes portugueses que vivem na pobreza da favela e subjulgam os moradores, e enquanto língua que, com seus erros crassos, também enunciam, em nível de linguagem, a mesma pobreza de vida em que vivem a personagem-narradora e como ela não se subordina às faltas de sua miserável vida.


Palavras-chave


alteridade; Carolina Maria de Jesus; linguagem; Quarto de Despejo

Texto completo:

PDF

Referências


BARCELLOS, Sergio. Aproximações: teorias contemporâneas da literatura, identidade e diários. Terra Roxa e Outras Terras - Revista de Estudos Literários, v. 9,p. 44-56, Londrina: Universidade Estadual de Londrina, 2007.

BERND, Zilá. Literatura e Identidade Nacional. 2. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003.

BRAIT, Beth. A Personagem. 3. ed. São Paulo: Ática, 1987.

FERREIRA, Amanda Crispim. Do Quarto de Despejo, a Poesia de Carolina Maria de Jesus. In: DUARTE, Constância Lima et al. (orgs.). Arquivos Femininos: literatura, valores, sentidos. Florianópolis: Mulheres, 2014.

FREYRE, Gilberto. Casa Grande & Senzala: formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. 51. ed. rev. São Paulo: Global, 2006.

JESUS, Carolina Maria. Quarto de Despejo. São Paulo: Ática, 2000.

OLIVA, Osmar Pereira. A Fome da Escrita — Paratextos no Quarto de Despejo, de Carolina Maria de Jesus. In: Anais do VI Colóquio Mulheres em Letras: Literatura e Diversidade. Belo Horizonte-MG: Faculdade de Letras da UFMG, 2014, p.199-205.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.143112

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.