Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Corpos nus nas margens da cidade Cidade de Deus, de Paulo Lins, e Marginais, de Evel Rocha

Luca Fazzini

Resumo


A época contemporânea manifesta uma contínua banalização da violência. No entanto, para Jacques Rancière, tal banalização não se deve à quantidade de imagens propostas, mas principalmente ao status de objeto atribuído às próprias vítimas da violência, corpos sem nome e sem voz. Tendo em consideração as representações da violência urbana em literatura, através de uma leitura comparada dos romances Cidade de Deus, de Paulo Lins, e Marginais, de Evel Rocha, com o presente artigo pretendo discutir este status de objeto como continuidade com as lógicas que caraterizaram a modernidade colonial. 


Palavras-chave


violência urbana; estudos pós-coloniais; literatura comparada

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. Homo sacer. Il potere sovrano e la nuda vita. Torino: Einaudi, 1995.

AZEVEDO, Lena; FAULHABER, Lucas. Remoções no Rio de Janeiro olímpico. Rio de Janeiro: Mórula, 2015.

CLIFFORD, James. A experiência etnográfica. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 1998.

CUNHA, Eneida Leal. Cenas e cenários da cidade negra. In: Semear, Rio de Janeiro: 3:1999, p. 129-138.

DELCASTAGNÈ, Regina. A personagem do romance brasileiro contemporâneo. In: Estudos de literatura brasileira, n. 26, p. 13-71, jul./dez. 2005.

FANON, Frantz. Os condenados da terra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968.

FOSTER, Hal. O retorno do real. São Paulo: Cosac Naify, 2014.

FOUCAULT, Michel. Aula de 17 de março de 1976. In: Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 2005, p. 285-315.

HARVEY, David. Cidades rebeldes. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

INÁCIO, Emerson da Cruz. Marginalidade, corpo, subalternidade, Evel Rocha e Marcelino Freire: à margem da margem. In: Via Atlântica, n. 22, p. 43-54, dez. 2012.

LINS, Paulo. Cidade de Deus. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

MBEMBE, Achille. Necropolitics. In: Public Culture. Durham: Duke University Press, 2003, p. 11-40.

PENNA, João Camillo. Escritos de sobrevivência. Rio de Janeiro: 7letras, 2013.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. São Paulo: Editora 34, 2009.

RANCIÉRE, Jacques. O espectador emancipado. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

RIBEIRO, Paulo Jorge. Cidade de Deus ̶ memória e etnografia em Paulo Lins. In: Lugar comum, n. 11, mai./ago. 2000, p. 73-93.

ROCHA, Evel. Marginais. Praia: Gráfica da Praia. 2010.

ROCHA, Evel. A literatura, a margem e os marginalizados cabo-verdianos. In: Revista Educação e Linguagens, v.4, n.7, p. 9-15, 2015.

SCHWARTZ, Roberto. Uma aventura artística incomum. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2018.

SONTAG, Susan. Regarding the pain of others. Londres: Penguin Book, 2003.

WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da Violência 2016. Homicídios por armas de fogo no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 7 fev. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.143260

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.