Portal da USP Portal da USP Portal da USP

O enfrentamento cotidiano do silêncio: escrita diarística e homossexualidade na literatura brasileira, os diários de Lúcio Cardoso, Walmir Ayala e Harry Laus

Daniel da Silva Moreira

Resumo


O objetivo deste texto é, em primeiro lugar, explorar a relação, antiga e constante, entre a homossexualidade e o silêncio. Num segundo momento, o intuito é mostrar como os diários de Lúcio Cardoso, Walmir Ayala e Harry Laus, escritos no Brasil dos anos de 1960, foram os primeiros textos literários autobiográficos brasileiros a lidarem com a tensão entre a vida pública e a vida privada, tensão advinda, em grande parte, do modo como a expressão da homossexualidade sempre foi silenciada ao longo da história.


Palavras-chave


homossexualidade; silêncio; censura; diário; literatura brasileira

Texto completo:

PDF

Referências


AYALA, Walmir. Diário I. Difícil é o reino. Rio de Janeiro: GRD, 1962.

CADY, Joseph. Censorship. In: SUMMERS, Claude J. (Org.). The Gay and lesbian literary heritage. New York: An Owl Book, 1997, p. 151-156.

CARDOSO, Lúcio. Diários. Organização, apresentação, cronologia, estabelecimento de texto e notas de Ésio Macedo Ribeiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

GREEN, James N. Desafiando heróis e mitos nacionais: homossexualidades nas margens da história brasileira. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 20., 1999, Florianópolis. História: fronteiras. Anais do XX Simpósio da Associação Nacional de História. São Paulo: Humanitas – FFLCH-USP/ANPUH, 1999, p. 871-881.

LAUS, Harry. Diários: espaço de presença e ausência de Harry Laus. Edição crítico-genética de Taíza Mara Rauen Moraes. Joinville: Letradágua, 2005.

LEJEUNE, Philippe. Le journal comme “antifiction”. Poétique 1/2007 (n° 149), (p. 3-14). Disponível em: . Acesso em: 14 nov. 2016.

_______. O pacto autobiográfico – de Rousseau à internet. Trad. Jovita Maria Gerheim Noronha e Maria Inês Coimbra Guedes. Belo Horizonte: UFMG, 2008.

MOREIRA, Daniel da Silva. Escritas de si e homossexualidade no Brasil: os diários de Lúcio Cardoso, Walmir Ayala e Harry Laus. 2017. 319 f. Tese (Doutorado em Letras: Estudos Literários) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Letras. Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários, Juiz de Fora, 2017. Tese orientada pela Profa. Dra. Jovita Maria Gerheim Noronha. Disponível em: . Acesso em: 30 mar. 2018.

SARAIVA, F. R. dos Santos. Novíssimo dicionário latino-português. 12. ed. Rio de Janeiro: Livraria Garnier, 2006.

SIMONET-TENANT, Françoise. À la recherche des prémices d’une culture de l’intime. In: COUDREUSE, Anne; SIMONET-TENANT, Françoise (Org.). Pour une histoire de l’intime et de ses variations. Paris: L'Harmattan, 2009, p. 39-62.

TREVISAN, João Silvério. Devassos no paraíso: a homossexualidade no Brasil, da colônia à atualidade. Rio de Janeiro: Record, 2007.

_______. Introdução. In: CAMINHA, Adolfo. Bom Crioulo. São Paulo: Hedra, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.143335

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.