Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Discursos marginais em obras de Sacolinha e João Melo: a contemporaneidade do passado colonial nas literaturas brasileira e angolana

Bruna Borges de Almeida, Ana Lucia Liberato Tettamanzy

Resumo


Este trabalho pretende analisar dois livros: Os marginais e outros contos (2013), de autoria do angolano João Melo; e Estação Terminal (2010), de autoria do brasileiro Sacolinha. Tais livros apresentam contos que engendram narrativas a respeito do presente problemático que rememora e revive o passado colonial sem gerar esperanças positivas para o futuro. Tal análise busca, através do estudo do espaço literário (BRANDÃO, 2013) e da verificação do tom ideológico do discurso (FOUCAULT, 2013) que esboça a construção de identidade (HALL, 2004) do sujeito do discurso, a reflexão acerca do colonialismo e suas facetas – colonialidade do poder, do saber e do ser (QUIJANO, 2000) – manifestadas na experiência literária e na epistemologia (MIGNOLO, 2013) que advém dela.


Palavras-chave


literatura marginal; colonialidade; discurso anticolonial

Texto completo:

PDF

Referências


BRANDÃO, Luis Alberto. Teorias do Espaço Literário. São Paulo: Perspectiva; Belo Horizonte: Fapemig, 2013.

CASTRO-GÓMEZ, Santiago & GROSFOGUEL, Ramón. El Giro decolonial. Reflexiones para una diversidad epistémica más allá del capitalismo global. Bogotá: Iesco-Pensar-Siglo del Hombre Editores, 2007.

DALCASTAGNÈ, Regina. A personagem do romance brasileiro contemporâneo: 1990-2004. Revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea. n. 26 (2005).

___. Vozes nas sombras: representação e legitimidade na narrativa contemporânea. In: ___ (Org.). Ver e imaginar o outro: alteridade, desigualdade, violência na literatura brasileira contemporânea. Vinhedo: Horizonte, 2008.

EVEN- ZOHAR, Itamar. El sistema Literario. Trad. Ricardo Bermudez Otero. Primavera 1990: 27-44.

FERRÉZ. Terrorismo literário. In:___ (Org.). Literatura Marginal: talentos da escrita periférica. Rio de Janeiro: Agir, 2005.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. São Paulo: Edições Loyola, 1996.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. Tradução Tomaz Tadeu da Silva.

MELO, João. Os Marginais e outros contos. Alfragide: Editorial Caminho, 2013.

___. Filhos da Pátria. Rio de Janeiro: Record, 2008.

MIGNOLO, Walter D. Histórias locais/projetos globais: colonialidade, saberes subalternos e pensamento liminar. Tradução Solange Ribeiro de Oliveira. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

___. Desobediência epistêmica. Cadernos de Letras da UFF – Dossiê: Literatura, língua e identidade, n. 34, p. 287-324, 2008.

NASCIMENTO, Érica Peçanha do. Vozes marginais na literatura. Rio de Janeiro : Aeroplano, 2009.

NKRUHMAH, Kwame. "O neocolonialismo em África." In: SANCHES, Manuela Ribeiro (org.). Malhas que os Impérios tecem: textos anticoloniais, contextos pós-coloniais. Lisboa: Edições 70, 2012.

QUIJANO, Aníbal. Colonialidad del Poder, Cultura y Conocimiento en América Latina, 1997.

RIBEIRO, Margarida Calafate. Uma história de regressos: império, guerra colonial e pós-colonialismo. Porto: Afromentamento, 2004.

SANCHES, Manuela Ribeiro (org.). Malhas que os Impérios tecem: textos anticoloniais, contextos pós-coloniais. Lisboa: Edições 70, 2012.

SCHOHAT, Ella; STAM, Robert. Crítica da imagem eurocêntrica: multiculturalismo e representação. São Paulo: Cosac Naify, 2006. Tradução Mário Soares.

WALSH, Catherine. Interculturalidade Crítica e Pedagogia Decolonial: in-surgir, re-existir e re-viver. In: CANDAU, Vera Maria. Educação Intercultural na América Latina: entre concepções, tensões e propostas, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.143343

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.