Memórias do silêncio em “A manta do soldado” de Lídia Jorge

  • Lígia Vanessa Penha Oliveira Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
Palavras-chave: memória, silêncio, identidade

Resumo

O presente artigo trata de considerações críticas e teóricas sobre os diferentes tipos de memória e a forma como são evocados no romance A manta do soldado (2003), de Lídia Jorge, nesta obra, a narradora e também protagonista, inominada, procura construir através da memória e das informações que obtém de sua família sobre seu pai, sua relação parental. Nesse sentido buscamos analisar o romance A manta do soldado, com foco na temática da memória, além de elucidar o caminho percorrido pela protagonista da obra, que problematiza a difícil construção de sua identidade. As memórias sofrem interferências e se distorcem com a passagem do tempo e da imaginação, que alteram a visão dos fatos. Assim também refletiremos sobre a importância do espaço e de sua representação para a conservação e evocação da memória para a filha do Walter Dias. As reflexões suscitadas no presente artigo têm como aporte teórico as postulações de Paul Ricouer (2007) Maurice Halbwachs (2006), Gaston Bachelard (1993), Michel Polak (1989) e Joël Candau (2016).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lígia Vanessa Penha Oliveira, Universidade Estadual do Piauí (UESPI)

Mestranda na Universidade Estadual do Piauí/UESPI, Especialista em Ensino de Língua portuguesa e Língua inglesa pelo Instituto de Ensino Superior Franciscano/IESF e graduada em Letras pela Universidade Estadual do Maranhão/UEMA.

Referências

BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. Trad. Antônio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 1993.
CANDAU, Joël. Memória e Identidade. Trad. Maria Leticia Ferreira. – 3º reimpressão – São Paulo: Contexto, 2016.
HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Trad. Beatriz Sidou. São Paulo: Centauro, 2006.
JORGE, Lídia. A manta do soldado. Rio de Janeiro. Editora Record, 2003.
POLLAK, Michael. Memória e identidade social. In: Estudos históricos. Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, p. 200-212, 2008.
POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. In: Estudos históricos. Rio de Janeiro, vol. 2, n. 3, p. 03-15, 1989.
RICOUER, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Trad. Alain François. Campinas: Editora da Unicamp, 2007.
Publicado
2018-12-05
Como Citar
Oliveira, L. (2018). Memórias do silêncio em “A manta do soldado” de Lídia Jorge. Revista Crioula, 1(22), 203-220. https://doi.org/10.11606/issn.1981-7169.crioula.2018.148786